Search
Saturday 28 November 2020
  • :
  • :

Com reservas, Brasil vence a China

 25/11/11 – O Brasil entrou em quadra, nesta sexta-feira (25.11), com uma formação diferente das quatro partidas anteriores pela Copa do Mundo. Com as mudanças, o técnico Bernardinho manteve apenas o ponteiro Murilo, além do líbero Serginho, na equipe titular. O Brasil derrotou a China por 3 sets a 2, parciais de 23-25, 25-10, 25-18, 19-25 e 15-8, em 1h45 de jogo, no Kumamoto Prefectural Gymnasium, no Japão.

"); // -->

 

A seleção brasileira masculina de vôlei começou a partida desta sexta-feira com o levantador Bruno, o oposto Theo, os centrais Rodrigão e Gustavo, os ponteiros Murilo e João Paulo Bravo, além do líbero Serginho.

O técnico Bernardinho justifica as mudanças: “Nós precisávamos mexer em função das questões físicas e necessidade de descanso para alguns jogadores, além da impossibilidade de escalação do Leandro Vissotto, que teve um mal estar ontem à noite. Em momento algum isso foi por soberba”, afirmou Bernardinho

O treinador da seleção brasileira também avaliou a partida contra a China, que, segundo ele, teve méritos em fazer um confronto bem disputado com o Brasil.

“Enfrentamos um time que jogou solto, alegre e nós erramos muito no primeiro set. Depois, tivemos dois bons sets, onde comandamos a partida, imaginando que seguiríamos nesse ritmo no quarto set, mas a situação mudou. Eles jogaram bem e tiveram méritos. E, na sequência conseguimos controlar o tie break”, analisou Bernardinho.

Murilo foi o maior pontuador do Brasil, com 19 acertos, mas Chen Ping marcou 22 e levou o prêmio de melhor da partida, mesmo com a derrota do time chinês.

O meio de rede Gustavo falou sobre a partida e o sentimento após a vitória por 3 sets a 2, já que, com esse resultado, o Brasil ganha apenas dois pontos e não três, como em caso de vitória por 3 a 0 ou 3 a 1.

“Fica um gosto amargo por termos perdido um ponto, mas temos que manter a cabeça erguida. Ainda faltam seis jogos e, agora, não podemos ter mais nenhum tropeço. Temos que conseguir os três pontos em todos os jogos para chegar lá no final e disputar o título do campeonato”, disse Gustavo.

O Brasil encerra a segunda fase com quatro vitórias, sobre Egito, Estados Unidos, Rússia e China, e apenas uma derrota, para a Itália. Na terceira etapa da competição, o destino da seleção brasileira será Hamamatsu, onde enfrentará Argentina, Cuba e Sérvia. O primeiro jogo, contra os argentinos, será no domingo(27.11), às 4h.

Em Tóquio, na última etapa da Copa do Mundo, a equipe comandada pelo técnico Bernardinho ainda jogará contra Irã, Polônia e Japão.

O JOGO

Theo abriu o marcador e os chineses passaram à frente em 3/2. A China chegou a fazer 6/4, mas, com bloqueio de Gustavo, o Brasil empatou em 6/6. Quando o adversário fez 12/9, o técnico Bernardinho parou o jogo e pediu tempo. No segundo tempo técnico, os chineses venciam por 16/11. Na reta final do set, a China chegou a fazer 22/20 e fechou o set em 25/23.

João Paulo Bravo atacou e fez o primeiro ponto da segunda parcial. Um ace de Murilo e um ataque para fora da China deixaram o Brasil em vantagem de 3/0. O técnico chinês pediu tempo. A seleção brasileira seguiu com ritmo forte e fez 8/2. O restante do set foi tranquilo para o Brasil, que, com ponto de saque de Marlon, fechou em 25/10.

O terceiro set começou equilibrado. Na primeira parada técnico, o Brasil tinha apenas um ponto de vantagem: 8/7. Logo depois, o time verde e amarelo abriu para 14/9. Os chineses ainda tentaram buscar, mas os brasileiros não deram chances e venceram o terceiro set, novamente com ace de Marlon, por 25/18.

Na quarta parcial, a história se repetiu e a seleção brasileira fez 8/7 no primeiro tempo técnico. Os chineses passaram à frente em 12/10 e Bernardinho pediu tempo. A China manteve a vantagem: 16/12. A diferença no placar aumentou para cinco pontos quando os adversários do Brasil fizeram 22/17. E, assim, os chineses fecharam o set em 25/19 e levaram a decisão para o tie-break.

No set decisivo, Bernardinho mexeu no time. Entraram Lucas e Wallace nos lugares de Gustavo e Theo. O Brasil fez 4/1 e, depois, aumentou a vantagem para 7/2. Os brasileiros não enfrentaram dificuldades e, no quinto set, venceram por 15/8.

Brasil – Bruno, Theo, Rodrigão, Gustavo, João Paulo Bravo e Murilo. Líbero: Serginho. Entraram: Marlon, Wallace e Lucas. Técnico – Bernardinho

China – Bian H.M., Zhang C., Liang C.L., Zhong W.J., Chen P. e Li R.M. Líbero: Ren Q. Entraram: Zhan G.J., Kong F.W., Cui J.J. e Geng X. Técnico – Jianan Zhou




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x