Search
Wednesday 28 October 2020
  • :
  • :

Com TV, Sesi Vôlei Bauru encara o Osasco-Audax para manter a invencibilidade no Paulista

Confronto acontece nesta terça-feira (9). (Foto: Marcelo Ferrazoli/Assessoria Sesi Vôlei Bauru)

O Sesi Vôlei Bauru volta à quadra pelo Campeonato Paulista 2018 nesta terça-feira, 9, às 20h30, quando enfrenta o Osasco/Audax, no Ginásio José Liberatti, em Osasco, em duelo válido pela quarta e penúltima rodada da fase classificatória do Estadual com transmissão ao vivo pelo Sportv.

Já garantido entre os semifinalistas da competição, ao lado de Hinode/Barueri, Pinheiros e o próprio Osasco/Audax, o Sesi Vôlei Bauru é o atual líder e único ainda invicto com 9 pontos conquistados após três vitórias diante de São Cristóvão Saúde/São Caetano, Pinheiros e Hinode/Barueri, todas por 3 a 0.

Mas, mesmo já estando assegurado entre os quatro melhores do Estadual, o Sesi Vôlei Bauru luta não só para permanecer na liderança e manter os 100% de aproveitamento, mas também cumprir outra missão importante: terminar a fase classificatória na primeira colocação. Isso lhe daria a vantagem de poder decidir em casa durante a semifinal e também em uma eventual final, benefício que terão os times com melhor campanha.

O regulamento do Paulista prevê que as vagas na final serão decididas em cruzamento olímpico (1º x 4º e 2º x 3º). Serão duas partidas, tanto na fase semifinal quanto na final, e em caso de empate a decisão vai para o golden set, no fim da segunda partida.

Mas o Sesi Vôlei Bauru sabe que, para atingir esses objetivos, terá de superar um dos rivais mais tradicionais, poderosos e vencedores do voleibol nacional. Atual hexacampeão paulista, o Osasco/Audax, além de também brigar pela melhor classificação possível, tenta a reabilitação no Estadual após ter sido derrotado por 3 a 1, na rodada passada, pelo Pinheiros.

“Osasco é um time que sempre precisa ser muito respeitado, pois tem história no voleibol nacional e grandes atletas. Temos de tomar enorme cuidado com elas, principalmente porque estarão jogando em casa e a torcida influencia muito. Além disso, a Mari Paraíba, Walewska e Claudinha são jogadoras que estruturam muito bem a parte ofensiva de Osasco. Nossos cuidados serão muito grandes”, destaca a líbero Tássia.

A atleta também avalia que, apesar do Sesi Vôlei Bauru ter demonstrado evolução no desempenho nos últimos jogos, ainda há muito o que melhorar. “Acredito que, com o tempo, a relação bloqueio-defesa deve crescer bastante e, principalmente, devemos diminuir nosso número de erros. Ainda erramos muito e isso influencia nos finais dos sets. Sempre que tiver algo a ser melhorado é muito bom para a equipe, pois só assim conseguimos nos fortalecer e chegarmos ao alto nível”, analisa Tássia.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x