Search
Thursday 26 November 2020
  • :
  • :

Como líder do ranking mundial, Brasil chega a Roma para a disputa de mais um Grand Slam

Foto: FIVB

Com os títulos no Grand Slam de Haia (HOL), pela primeira vez o Brasil entrará em quadra liderando o ranking do Circuito Mundial 2013, e em ambos os naipes. Nesta terça-feira (18/06), começa o Grand Slam de Roma (ITA), com Taiana/Talita e Bruno Schmidt/Pedro Solberg no topo do mundo, um estímulo para as demais duplas brasileiras que estão na disputa. Entre as mulheres, Taiana e Talita, que conquistaram duas das quatro etapas da temporada, em Xangai (CHN) e Haia (HOL), assumiram a liderança do ranking, com 2.380 pontos. As holandesas Meppelink e Van Gestel, campeãs em Corrientes (ARG), agora aparecem em segundo, com 2.110. Logo atrás, outra dupla brasileira: as irmãs Maria Clara e Carol, que, com uma prata e dois bronzes, surgem em terceiro (2.100). “Estou muito contente e, independentemente da nossa colocação no ranking, o mais importante é que nosso time está ganhando conjunto e evoluindo a cada partida. Não podemos nos sentir pressionadas por termos conquistado dois títulos. A competição continua e precisamos nos manter focadas até o fim”, declarou Taiana.

Já no masculino, Bruno Schmidt e Pedro Solberg, que já subiram duas vezes ao pódio nesta edição (prata em Xangai e o ouro em Haia), acabam de chegar ao topo do ranking após conquistarem as areias holandesas. Lideram a corrida pelo título com 2.380 pontos, seguidos dos americanosGibb e Patterson (2.250) e dos letõesJanis Smedins e Samoilovs(2.120).

O tradicional torneio em Roma, disputado no Parco del Foro Italico, ainda contará com Ágatha/Maria Elisa, Lili/Bárbara Seixas, Maria Clara/Carol, Alison/Emanuel, Ricardo/Álvaro Filho e Evandro/Vitor Felipe. O qualifying entra em cena nesta terça, com o torneio principal começando na quarta-feira (19/06). Na Itália, ninguém ganhou mais medalhas do que o Brasil na história do Circuito Mundial. No feminino, foram 14 (5 ouros, 4 pratas e 5 bronzes). E, no masculino, nada menos do que 25 (8 de ouro, 9 de prata e 8 de bronze).

O Grand Slam de Roma é a última etapa do Circuito Mundial antes da paralisação para o Campeonato Mundial, que será realizado em Stare Jablonki, na Polônia, de 1º a 7 de julho. O curioso é que os dois torneios envolvem diretamente a dupla Alison/Emanuel. Foi na capital italiana que, juntos, eles foram campeões mundiais em 2011. Nesta semana, portanto, agora pelo circuito, eles voltam à mesma arena para tentar brilhar novamente.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x