Search
Tuesday 7 April 2020
  • :
  • :

Contra EUA, Brasil coloca em jogo 1 ano de invencibilidade

Foto: FIVB

Após um pequeno susto contra a Polônia, e um jogo de nervos contra a Rússia, a seleção feminina do Brasil, versão 2013, encara mais um grande desafio em busca da manutenção de sua incrível invencibilidade.

Só que em jogo, na manhã deste domingo (04/08), na arena Amil em Campinas, estará em jogo muito mais do que a invencibilidade de 18 jogos que vem desde Londres 2012. Há exatos 1 ano sem perder, o Brasil busca também manter a hegemonia do voleibol atual, disputada justamente contra a seleção americana nos últimos anos. Se a nossa seleção é bicampeã olímpica (ambas sobre os EUA), as americanas são as atuais tricampeãs do Grand Prix.

Após a vitória sobre a Rússia, o técnico José Roberto Guimarães disse que o time brasileiro está no caminho certo e que para ele, as dificuldades que os adversários impõem são bem vindas. “Nossa equipe mostra sua força quando todas as meninas fazem um papel importante. Se você olhar o nosso placar, (os pontos individuais) são muito bem distribuídos. É assim que chegamos a nossas vitórias este ano. Um jogo difícil, como um de hoje (contra a Rússia) é muito importante para ajudar a equipe a se acostumar com essa pressão, de jogos difíceis”.

Já diante dos EUA, Zé Roberto espera um jogo muito mais difícil, pois vê a equipe americana com um estilo bem definido, apesar de estar se reformulando. “Contra os Estados Unidos, será mais um jogo difícil. Elas têm um padrão tático bem definido. As americanas são mais aplicadas taticamente que os outros times, têm padrão na defesa, no posicionamento, não arriscam qualquer bola. É uma escola criada nos Estados Unidos e temos que tirar o chapéu”, garantiu o treinador do Brasil.

Pelo lado americano, Karch Kiraly também espera um jogo difícil, mas procurou analisar o jogo sob um olhar mais de expectador, exaltando a importância de um duelo entre grandes equipes do vôlei mundial. “Amanhã teremos um jogo difícil contra o Brasil. As brasileiras têm um dos melhores programas do mundo no vôlei e José Roberto Guimarães é um treinador incrível. Será uma honra jogar contra o Brasil aqui”, finalizou o campeão olímpico com jogador nas quadras e nas areias.

Brasil e Estados Unidos se enfrentam neste domingo, a partir das 10 horas da manhã.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »