Search
Tuesday 22 September 2020
  • :
  • :

Contusão no joelho deve tirar Camila Paracatú da Superliga

Foto: Divulgação/Rio do Sul

Está praticamente descartada a participação da meio-de-rede do time Rio do Sul/Equibrasil, Camila Paracatú, na próxima Superliga. Exames divulgados na última semana mostram que a atleta rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito em um treino e que terá de passar por uma cirurgia.

O técnico da equipe, Rogério Portela, perde assim uma de suas jogadoras titulares para a Superliga e também para a continuidade do campeonato catarinense que terá rodada dupla nesta semana. Na segunda-feira (26), o time visita Blumenau no ginásio da FURB em Blumenau às 19h. E no dia seguinte, o adversário é o time de Nova Trento às 19h, no ginásio municipal de Nova Trento. Apesar do desfalque, o time vai completo para os dois jogos que podem garantir a classificação antecipada para a final do catarinense.

“Subi para bloquear uma bola e acabei caindo em cima do pé da Fê Melo que estava ao meu lado. Na hora, senti como se alguma coisa esticasse muito, com ardência, e o joelho virou. Senti muita dor na hora, mas passou, o que não me deixou tão preocupada naquele momento”, explicou a atleta de 25 anos. Dias depois, o diagnóstico revelaria que a contusão foi mais séria do que se imaginava. A recuperação pós-cirurgia com fisioterapia e acompanhamento clínico neste tipo de caso pode demorar até seis meses dependendo da pessoa.

O supervisor da equipe, José Roberto Moura já está agendando a cirurgia da atleta para as próximas semanas e adiantou que o time dará total apoio para a jogadora com a recuperação e fisioterapia. “É uma perda muito grande para o time, pois a Camila foi uma das meninas que nós apostamos na temporada passada e vinha mostrando ótimo rendimento. Nós vamos estar ao lado dela para tudo o que precisar para a recuperação”. O clube tem agora em seu plantel apenas duas meios-de-rede, o que é insuficiente para participar da Superliga. “Temos de buscar reforços com certa urgência”, salientou.

Mesmo sem poder jogar, Camila Paracatú quer permanecer em Rio do Sul junto com as companheiras de time e incentivando as atividades do grupo no campeonato catarinense que está em andamento e a Superliga. Ela, que já tem no histórico na vida esportiva uma cirurgia no ombro direito, garante que mesmo de fora, tentará dar o máximo de apoio ao clube “Infelizmente, são coisas que acontecem na vida de um atleta, mas tenho confiança que vou me recuperar e voltar a jogar em alto nível”, antecipou a jogadora mineira.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x