Search
Tuesday 22 September 2020
  • :
  • :

Copa dos Campeões: Brasil vence, mas está fora da briga pelo título

Foto: Divulgação/FIVB

A seleção brasileira feminina conseguiu, na madrugada deste sábado (09.09), a segunda vitória na Copa dos Campeões. A equipe do treinador José Roberto Guimarães venceu a Coréia do Sul por 3 sets a 0 (25/15, 25/10 e 25/23), em 1h17 de jogo, no Nippoin Gaishi Hall, em Nagoya, no Japão. O time verde e amarelo tem duas vitórias (Rússia e Coréia do Sul) e dois resultados negativos na competição (China e Japão).

O Brasil disputará a última partida na Copa dos Campeões às 2h40 (horário de Brasília) deste domingo (10.09), contra os Estados Unidos. O YouTube da Federação Internacional de Voleibol (FIVB) transmitirá ao vivo.

Na classificação geral, o Brasil aparece na segunda colocação, com oito pontos. A China lidera, com 12, e o Japão está em terceiro, com cinco, mesma pontuação dos Estados Unidos, mas com um melhor saldo de pontos. No entanto, Japão e Estados Unidos ainda vão duelar na manhã deste sábado.

No duelo contra a Coréia do Sul, a oposta Tandara foi a maior pontuadora, com 19 acertos (13 de ataque, três de bloqueio e três de saque). Pelo lado da Coréia do Sul, a atacante Lee foi quem mais marcou, com 16 acertos. No confronto, destaque para o bloqueio brasileiro, com 14 pontos do fundamento contra dois das coreanas.

A central Carol fez uma análise da partida e elogiou a postura do grupo verde e amarelo.

“Foi importante ganharmos essa partida. Queremos sair da Copa dos Campeões com o melhor resultado possível. É muito bom estarmos disputando uma competição com um nível tão alto. Cada dia enfrentamos uma escola diferente e temos que nos adaptar em um curto período de tempo. Conseguimos essa vitória e agora vamos pensar nos Estados Unidos”, disse Carol, que também analisou o adversário desse domingo.

“Fizemos dois amistosos contra os Estados Unidos e sabemos que será um jogo difícil. Elas têm um time experiente e que joga com velocidade. Vamos com tudo para essa partida para terminamos bem nossa participação na Copa dos Campeões”, afirmou Carol.

O treinador José Roberto Guimarães aprovou a atuação das brasileiras e comentou sobre a partida.

“Tivemos um bom comportamento nesse jogo contra a Coréia do Sul. Nosso time se preparou bem para essa partida. O nosso saque e os contra-ataques funcionaram com eficiência. Gostei da nossa apresentação e vamos nos preparar para o duelo contra os Estados Unidos”, analisou José Roberto Guimarães.

Nesta temporada, a equipe do treinador José Roberto Guimarães venceu as três competições que disputou, o Montreux Volley Masters, o Grand Prix e o Sul-Americano, que garantiu o Brasil no Mundial de 2018, no Japão.

O JOGO

O Brasil fez os quatro primeiros pontos da partida. Quando as brasileiras abriram cinco pontos (7/2), o técnico da Coréia do Sul pediu tempo. Bem no saque, o time verde e amarelo aumentou a vantagem para oito pontos (12/4). O ataque das brasileiras era eficiente e o time do treinador José Roberto Guimarães foi para o segundo tempo técnico vencendo por 11 pontos (16/5). O Brasil dominou a parcial até o final e venceu o primeiro set por 25/15.

Com três pontos seguidos de bloqueio, o Brasil fez 5/1 no início do segundo set. O Brasil dominava a parcial e a diferença do marcador na segunda parcial era de seis pontos (8/2). Com um ace da central Carol, as brasileiras fizeram 11/2. O bloqueio das brasileiras era eficiente e a diferença no marcador chegou a 15 pontos (19/4). O Brasil seguiu melhor em toda a parcial e venceu o segundo set por 25/10.

A Coréia do Sul voltou melhor para o terceiro set e fez 4/2.  As coreanas tinham dois de vantagem no primeiro tempo técnico (8/6). Quando o time asiático abriu quatro pontos (12/8), o treinador José Roberto Guimarães pediu tempo. Mesmo com a paralisação, a Coréia do Sul seguiu melhor e fez 15/12. Com um ponto de saque, a Coréia do Sul abriu cinco pontos (18/13) e o treinador José Roberto Guimarães voltou a parar o jogo. O Brasil conseguiu uma grande reação no final da parcial e venceu o set por 25/23 e o jogo por 3 sets a 0.

EQUIPES:

Brasil – Roberta, Tandara, Natália, Gabi, Carol e Bia. Líbero – Gabi
Entraram – Naiane, Mara, Monique e Amanda
Técnico – José Roberto Guimarães

Coréia do Sul – Lee Jae-Eun, Lee Jaeyeong, Han Sooji, Kim Yur, Hwang Minkyoung e JEON Saeyan.  Líberos – Yeongyeon e Na Hyun Jung
Entraram – Jeong Siyoung, LEE Goeun e CHOI Subin
Técnico – HONG Sungjin

Copa dos Campeões

Tóquio (Japão)

05.09 (terça-feira) – Brasil 3 x 1 Rússia (25/17, 23/25, 25/23 e 25/12)
06.09 (quarta-feira)– Brasil 2 x 3 China (20/25, 12/25, 25/20, 25/23 e 17/19)

Nagoya (Japão)

08.09 (sexta-feira) – Brasil 2 x 3 Japão (18/25, 27/25, 15/25, 25/16 e 6/15)
09.09 (sábado) – Brasil 3 x 0 Coréia do Sul (25/15, 25/10 e 25/23)
10.09 (domingo) – Brasil x Estados Unidos, às 2h40 (Horário de Brasília)




Subscribe
Auto Notificar:
guest
10 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
LoBianco

China campeao da Copa do Mundo, Olimpica e Copa dos Campeaos. SO falta o Mundial no ano que vem.

Xing Ling

Em 3 anos seguidos… Ganhando os principais campeonatos… Ano q vem elas ganham o mundial…. oh bali

Fê Maia

O principal campeonato desse ano foi o Grand Prix. A Copa dos Campeões nem pra o ranking mundial pontua.

Ching Ling

Jura, o Grand Prix que tem todo ano? Esqueceu de avisar pra chinesas…. Go China

China OURO

Pensei que o Granprix era torneio para BRA ou USA. kkkkk. Avisa para a Lang Ping no próximo ano: ela irá com força máxima para o GranPrix 2018! KKKKKKK

CGRS

Apesar de ter todos os anos, a China só tem um titulo, mesmo já sediando 8 vezes a fase final. O Grand Prix deste ano foi novamente sediado na China para q os torcedores chineses tivessem a oportunidade de ver Ting Zhu levar a China ao título como fez nas Olimpíadas. Ela é uma heroina dos esporte nacional chinês. Até facilitaram a vida do time chines, deixando ele jogar a fase intercontinental em casa, sem deslocamentos cansativos. A Itália não deixou. No final, o Brasil ganhou mais um título. Natália que é boa jogadora levou o MVP da Zhu que… Ler mais »

China OURO

“Natália tomou o MVP da ZHU” e a “ITA não deixou a China chegar a final”. Calma,Calma, tanto a Natalia quanto a Itália irão sentir a pressão da China ano que vem. Deixa a Natália rir bastante. Ela não perde por esperar. A China liquidou as três: BRA; USA e RUS! Quer mais? vem completas no Mundial 2018 se tiverem coragem!!! KKKKK

Carla Dias

Brasil criou problemas para ganhar o 3 set de um time C da Coréia do Sul.
Time coreano fraquíssimo, sem as principais jogadoras. Uma pelada daquelas.
A FIVB deveria se envergonhar de colocar um time coreano tão fraco para disputar a competição.
Já que foi convidada, a Coreia deveria levar as principais atletas.

Xing Ling

Deviam ter chamado Servia ou Itália…

Carlos

Com os resultados de hoje a China já é a campeã com 11 pontos. Mesmo q perca para o Japão, e os EUA ganhe do Brasil, os EUA só farão dez pontos. Brasil pode pegar o segundo lugar se vencer os EUA.

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x