Search
Tuesday 1 December 2020
  • :
  • :

Copa dos Campeões Feminina: Guia do Melhor do Vôlei sobre o torneio

Fotos: FIVB

Começa nesta madrugada (12/11) a Copa dos Campeões Feminina no Japão. Quatro campeões continentais, além do país sede e de um convidado disputam o torneio em tiro curto. O mais legal é que só terá jogão, pois todas as equipes são de tradição e de bons resultados recentes. A seguir, confira um pouco sobre cada uma das seis seleções que participam do torneio.

BRASIL



Como se classificou: Campeão Sul-Americano

Destaques: Sheilla, Fabiana, Fernanda Garay, Natália e Tandara

Desfalques: Dani Lins, Gabi, Juciely e Thaísa

Novidades: Walewska e Carol Gattaz

Para o Brasil, o torneio, nessa altura da temporada, não foi um bom negócio. Com a temporada de clubes já iniciada, as jogadoras apresentam desgaste, mesmo com algumas delas terem sido dispensadas no começo do trabalho, lá em Maio. Thaísa é um exemplo. De folga em Maio e Junho, a atleta se machucou no joelho e desfalca o Brasil. Gabi é outra, emendando uma Superliga, um Mundial Juvenil, um Grand Prix, um Mundial de Clubes e uma outra Superliga, o corpo da revelação da temporada acabou pedindo uma pausa nessa Copa dos Campeões.

De bom, apenas o fato das circunstâncias darem ao técnico José Roberto a oportunidade de trazer de volta algumas jogadoras, como Tandara, recuperada de contusão, e Walewska, campeã olímpica em 2008, que havia desistido da seleção, resolveu, devido às circunstâncias, repensar a situação e volta após cinco anos.

Pelos títulos na temporada, mesmo com os desfalques, o Brasil é o time a ser batido. Porém, a fadiga pode pesar.

Palpite MDV: segundo lugar

ESTADOS UNIDOS

Como se classificou: Campeão da Norceca

Destaques: Kristin Hildebrand, Jordan Larson e Megan Hodge

Desfalques: nenhum

Novidades: nenhuma

Em transição após as olimpíadas, o discurso do time é ir ao Japão para ganhar o título. Após a decepção na fase final do Grand Prix, onde passou longe do título, a equipe parece se reencontrou no continental e recuperou a confiança para a Copa dos Campeões. Kristin Hildebrand, que na Superliga e no Paulista, pelo Vôlei Amil, ainda não mostrou o seu melhor, é a grande esperança das americanas, que tem a oportunidade de mostra rque estçao no mesmo nível de Rússia e Brasil, os favoritos ao título.

Será o primeiro rival do Brasil

Palpite MDV: Terceiro Lugar

RÚSSIA

Como se classificou: Campeã Européia

Destaques: Startseva, Pasynkova e Sokolova

Desfalques: Obmochaeva e Kosheleva

Novidades: Sokolova

Faz mais de um ano, mas a derrota nas quartas-de-final em Londres para o Brasil ainda está entalada na garganta das russas. Apesar de não ter o mesmo peso daquela partida, o duelo pela Copa dos Campeões é uma questão de honra para as russas. Tanto que para tal, Sokolova se prontificou a voltar e aceitou a convocação para o torneio, sendo a grande novidade do time, que tem Kosheleva e Obmochaeva fora, por precaução.

Além de mais vontade, pelo desejo de vingança, as russas levam vantagem, principalmente diante do Brasil, por terem menos jogos nas costas, já que mandaram uma equipe B para os jogos da pré-temporada, foram eliminadas na primeira fase do Grand Prix e tem uma temporada local com bem menos jogos que a Superliga e  estaduais até então.

Como a Copa dos Campeões não é uma olimpíada ou Mundial, apesar de ser título, e a Rússia quer tanto se vingar, podemos colocar a Rússia como primeira no nosso ranking de apostas, não?

Palpite MDV: Campeã

TAILÂNDIA

Como se classificou: Campeã Asiática

Destaques: Wilavan e Onuma

Desfalques: nenhuma

Novidades: nenhuma

Jogando em casa, a Tailândia surpreendeu os favoritos Japão e China e levou o título asiático. Agora, jogando fora de casa, é difícil imaginar uma surpresa por parte das tailandesas. Para o time de Radchatagriengkai, o torneio pode ser considerado “o primeiro treino” visando o Mundial de 2014, para qual a Tailândia está classificada. Time de baixa estatura, com jogo baseado em bolas de velocidade, a Tailândia estará com missão cumprida se vencer pelo menos um jogo no torneio.

PALPITE MDV: sexto lugar

JAPÃO

Como se classificou: país-sede

Destaques: Saori Kimura, Risa Shinnabe e Yukiko Ebata

Desfalques: nenhum

Novidades: Nenhuma

Jogar em casa. Esse será mais uma vez o triunfo do Japão para fazer bonito numa competição internacional. Após boa campanha no Grand Prix, o ar de decepção, com o vice-campeonato asiático, ficou nítido para as orientais. A missão de Manabe é recuperar um pouco a moral da equipe e iniciar a preparação para o Mundial, que desta vez, será longe de casa. O trio Saori, Shinnabe e Ebata comandaram a equipe japonesa, que se mostra candidata a brigar pelo topo nesse novo ciclo. Já faz um tempo, que o jogo japonês não é só de muitas defesas e no último Grand Prix, o bloqueio japonês mostrou grande evolução.

PALPITE MDV: quarto lugar

REP. DOMINICANA

Como se classificou: Wild-Card

Destaques: Brenda Castillo, Bethania de la Cruz e Annerys Vargas

Desfalques: nenhum

Novidades: nenhuma

Vice-campeã da Norceca, o convite para a Copa dos Campeões, desbancando equipes de tradição, como Itália, China e Sérvia, é mais um resultado do belo trabalho da comissão técnica brasileira comandada por Marcos Kwiek. Recentemente, o time foi vice-campeão mundial sub-23 no México com algumas jogadoras que já fazem parte da seleção principal. Após uma temporada com alguns problemas, como a dispensa de Brenda Castillo, mas com muito sucesso, o time dominicano vai para o torneio com o pensamento de adquirir mais experiência e conjunto. Como a temporada já começou e algumas jogadoras estão no exterior, a preparação comprometida é uma dificuldade que não desanima o time, que quer surpreender no Japão, quem sabe, beliscando o pódio.

PALPITE MDV: quinto lugar

FÓRMULA DE DISPUTA:

Os seis times se enfrentam. Ao final, a equipe com mais pontos é a campeã. Em caso de empate, os critérios utilizados são os tradicionais: set average e ponto average.

TABELA:

1ª Rodada – Nagóia

12/11
1h10 – Tailândia x Rep. Dominicana
4h40 – EUA x Brasil
8h10 – Japão x Rússia

13/11
1h10 – Brasil x Tailândia
4h10 – Rússia x Rep. Dominicana
8h10 – Japão x EUA

2ª Rodada – Tóquio

15/11
1h10 – Rep. Dominicana x Brasil
5h10 – EUA x Rússia
8h10 – Japão x Tailândia

16/11
1h10 – EUA x Tailândia
5h10 – Rússia x Brasil
8h10 – Japão x Rep. Dominicana

17/11
1h10 – Rep. Dominicana x EUA
4h10 – Tailândia x Rússia
7h10 – Brasil x Japão




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x