Search
Wednesday 3 June 2020
  • :
  • :

Coreia do Sul: Liga segue com jogos adiados

Brasileiro vive a primeira experiência no país asiático. (Foto: Divulgação/KB Stars)

A Coreia do Sul é o terceiro país com maior caso de incidência do coronavírus (Covid-19), atrás da China e da Itália, e também segue adotando medidas de segurança para a população, incluindo a realização de eventos esportivos. Na liga de vôlei, os jogos estão suspensos até pelo menos o dia 23 de março. Enquanto isso, os clubes seguem com treinos fechados e sem a presença dos torcedores.

Este é o caso do KB Starts, que conta o Matheus Krauchuk. Após boas apresentações no voleibol italiano, o brasileiro foi contratado pela equipe no início do ano e rapidamente se firmou como a bola de segurança. Em diversas rodadas, Matheus deixou a quadra tendo pontuado mais de 30 vezes. No último jogo, disputado em 1 de março, o atacante marcou 37 pontos, mas o KB Stars acabou superado no tie-break para o Hyundai Skywalkers.

“A diretoria do KB Stars está cuidando de todos os atletas como prioridade. Apesar da situação, eu e a minha esposa estamos bem e seguros. Os treinos seguem sem uma definição de datas, mas o objetivo é manter o foco para voltarmos 100%. Não tem sido fácil aqui e em várias partes do mundo por causa do coronavírus, mas espero que tudo se resolva o quanto antes”, disse Matheus.

Quem também está em território sul-coreano é Felipe Banderó. O oposto defende o Woricard Wibee, que vinha liderando o torneio até a paralisação dos jogos. As últimas três rodadas aconteceram sem a presença de torcida e somente com as equipes, profissionais de imprensa e de arbitragem.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »