Search
Saturday 11 July 2020
  • :
  • :

Coronavírus: FIVB lança fundo para auxiliar atletas

Em um comunicado enviado da Suíça nesta terça-feira (26), a Federação Internacional de Vôlei (FIVB) anunciou a criação de um fundo de apoio para auxiliar atletas de vôlei e de quadra que estão com dificuldades financeiras por conta da pandemia causada pelo coronavírus (Covid-19).

De acordo com a instituição, a iniciativa partiu do presidente, o brasileiro Ary Graça, que já comandou a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). A medida contempla os profissionais que foram impedidos de competir por conta do adiamento ou do cancelamento de eventos.

Terá direito à assistência quem estiver sem condições de suprir as necessidades básicas, incluindo, entre outros, alimentos, assistência familiar e moradia. Cada caso passará por uma análise minuciosa pela FIVB

“Nós sabemos o quanto de tempo e dedicação cada jogador investe no vôlei. Sem eles, nosso esporte não seria o sucesso global que é. Também entendemos perfeitamente que, para alguns, o adiamento ou cancelamento necessário dos eventos da FIVB terá um impacto significativo em suas vidas cotidianas. Portanto, é nossa responsabilidade continuar a apoiá-los de todas as formas possíveis. Por isso que o fundo de Apoio aos Atletas foi criado. Com a ajuda da Comissão de Atletas e de uma Força-Tarefa dedicada, garantiremos que esse fundo seja destinado àqueles que realmente precisam durante esse período e ajudaremos nossos atletas a se concentrarem em permanecer seguros e saudáveis”, disse Ary Graça.

A primeira fase será a de inscrições dos interessados, com prazo até 23 de junho. Após, os aprovados para a segunda etapa serão comunicados a apresentar informações mais detalhadas e documentos que comprovem a vulnerabilidade econômica. Para solicitar o benefício, clique aqui.

Atletas

O ex-jogador Giba é o presidente da Comissão dos Atletas e comemorou a iniciativa. “É muito importante ter esse apoio da FIVB durante tempos de grandes desafios, especialmente quando muitos não podem competir. Participamos desde o início da criação do fundo e estaremos presente para dar o suporte durante a ação”, frisou.

O que pensa a CBV?

Há algumas semanas, o Melhor do Vôlei fez contato com a CBV em busca de informações sobre o que a confederação fará durante a pandemia, especialmente depois da divulgação de que alguns prêmios do Circuito Brasileiro foram adiantados, mas sem a previsão de nenhuma outra medida. Confira a resposta enviada pela assessoria de imprensa no dia 3 de maio:

“A verba direcionada aos atletas de vôlei de praia foi uma antecipação, já que este valor estava reservado no caixa da entidade para as etapas que não puderam ser realizadas por causa da COVID-19. Na quadra, ressaltamos que, mesmo com a competição incompleta, a CBV honrou com todos os compromissos acordados com os clubes no início da temporada, independentemente da negociação com os seus patrocinadores”.

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x