Search
Friday 4 December 2020
  • :
  • :

CRB/Maceió deve confirmar em Julho equipe feminina para a Superliga

Foto: Divulgação

Conforme o Melhor do Vôlei adiantou em maio, a equipe do CRB/Maceió recebeu o convite da CBV para jogar a Superliga feminina. No começo, o projeto era encabeçado por Sérgio Negrão, ex-técnico e ex-dirigente da CBV, mas algo deu errado na parceria e Negrão se aliou então a Leila e Ricarda em Brasília para a montagem de uma outra equipe.

Em Maceió, segundo o GloboEsporte.com publicou nesta terça-feira (25/06), o sonho com a maior competição brasileira continuou e além do convite, o CRB já tem toda a estrutura pronta e deve apresentar a equipe em julho. O técnico será Caetano Rocha e ainda esta em busca de reforços.

”Estamos buscando as atletas, montando a equipe, mas até o nome já foi definido, já que recebemos o aval do clube e vamos defender o estado com CRB/Maceió”, destacou Eduardo Toledo, diretor-executivo do time, que completou: “Está tudo alinhado, já podemos anunciar o acerto com o governo do estado e a prefeitura de Maceió, mas não podemos passar muitas informações para não tirarmos o foco da apresentação marcada para julho. Também teremos uma marca nacional entre os patrocinadores e uma marca esportiva. É bom destacar que Alagoas vai ter um representante na elite do vôlei feminino, não é uma divisão inferior, como algumas pessoas comentaram. É a Superliga mesmo, que terá neste ano entre 13 e 14 equipes e contará com a nata da modalidade no País”, disse Toledo


Time de Brasília espera 3 milhões em investimentos para confirmar presença

Já pelo lado da equipe de Brasília as coisas estão um pouco atrás, além de não estarem confirmadas junto a CBV. Leila ainda está em busca de investidores pra manter a equipe, ela busca em torno de 3 milhões para realmente colocar a equipe na Superliga.

“Tive a oportunidade de jogar por Brasília na Superliga, sei o potencial que o time tem de público e potencial humano, porque nós cedemos, para várias equipes do Brasil, grandes atletas. Então, por que não Brasília também formar agora sua grande equipe? Saí de Taguatinga e me tornei uma jogadora de seleção brasileira. Por que não posso hoje sonhar com o apoio de todos? Hoje me falta ainda mais R$ 3 milhões, mas estou sonhando”, afirmou a jogadora ao Sportv. 

Segundo as próprias declarações das jogadoras, Paula Pequeno e Erika estão confirmadas, assim como Elisângela. Diferente do que a Paula disse em entrevista ao Bandsports na última semana, a central Giovanna não irá pra Brasília e já treina com a equipe de São Bernardo. Para concretizar o sonho, Leila precisa conseguir apoio e inscrever seu time até o dia 30 de Junho.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x