Search
Friday 25 September 2020
  • :
  • :

Da-lhe chicas! Usiminas/Minas vence Sesi-SP e está nas semifinais

 21/03/12 – A Usiminas/Minas (MG) é a quarta semifinalista da Superliga feminina de vôlei 11/12. Numa partida recheada de emoções, o time mineiro recebeu o Sesi-SP e, de virada, venceu por 3 sets a 2, parciais de 17-25, 25-17, 22-25, 26-24 e 15-13, em 2h26 de jogo, na Arena Vivo, em Belo Horizonte (MG). Com o resultado, o time mineiro fechou a série melhor-de-três das quartas-de-final em 2 jogos a 1.


O adversário na luta por um lugar na decisão será o Sollys/Osasco (SP), que derrotou o Banana Boat/Praia Clube (MG), por 2 jogos a 0, nas quartas-de-final. No outro duelo das semifinais, a Unilever (RJ) enfrentará o Vôlei Futuro (SP). A tabela oficial da próxima fase será divulgada nesta quarta-feira  (22.03) pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV).

Os destaques da partida foram as cubanas da Usiminas/Minas. A ponteira Herrera marcou 27 pontos, foi a maior pontuadora da partida e ainda ganhou o Troféu VivaVôlei como a melhor jogadora. A oposto Ramirez teve 26 acertos. O destaque do Sesi-SP foi a oposto Elisângela, com 20 pontos.

“A diferença foi a nossa forma de preparação para este jogo. Sabíamos que seria uma batalha dura, mas nos preparamos bem”, afirmou Herrera.

O choro fez parte da comemoração mineira. A levantadora Claudinha festejou a passagem para a próxima fase. “É um momento único. Nunca cheguei a uma fase tão avançada como esta. Hoje, no vestiário disse que seria a nossa final. Agora é retomar o trabalho e colocar a cabeça no lugar”, vibrou.

O técnico da Usiminas/Minas também avaliou a classificação. “Fomos melhor na fase classificatória e essa vitória é justa. Valeu pela garra e pela luta. Sabíamos que seria um jogo sofrido. O Sesi-SP é uma equipe experiente e vivida. Parabéns para todos e também para a nossa torcida que nos ajudou muito”, destacou Jarbas.

Do lado do Sesi-SP, o ponteira Sassá lamentou a desclassificação, mas deu os méritos da vitória para as adversárias. “Foi uma grande partida, decidida no detalhe, na luta. Infelizmente, não deu para a nossa equipe. Agora, temos que levantar a cabeça e saber que foi um grande espetáculo. Não desistimos em momento algum, mas, no tie-break, uma boa sequência de saques e contra-ataques da Usiminas/Minas fez a diferença”, avaliou a campeã olímpica.

O jogo

A Usiminas/Minas até começou bem a partida e abriu (4/1). Mas, já na primeira parada técnica, o Sesi-SP chegou à frente (8/6). O time paulista dominou toda a parcial. As donas da casa não conseguiram se encontrar em quadra. O Sesi-SP fez um bom trabalho de bloqueio e contou com a eficiência da oposto Elisângela, maior pontuador do set, com nove acertos. No final, 25/17 para as visitantes.

A Usiminas/Minas não se abateu e voltou com força para o segundo set. Forçando o saque, o time da casa dificultou a vida do Sesi-SP e abriu 10/5. Destaque para a cubana Herrera, que, com fortes ataques, ajudou as mineiras a chegarem ao segundo tempo técnico com o dobro de pontos (16/8). O bloqueio da Usiminas/Minas fez a diferença e ajudou a equipe a deslanchar no marcador (20/10). O Sesi-SP ainda fez quatro pontos consecutivos, mas as anfitriãs devolveram o placar do set anterior: 25/17.

O jogo ficou equilibrado no terceiro set. O Sesi-SP chegou a abrir dois (6/4), mas, com três pontos consecutivos, a Usiminas/Minas virou (7/6). Mas foi o Sesi-SP que chegou à primeira parada técnica à frente (8/7). Aos poucos, o time paulista tomou a dianteira do placar e abriu cinco pontos (20/15). As mineiras não conseguiram reverter a situação e viram o Sesi-SP marcar 25/22.

Na quarta parcial, a Usiminas/Minas saiu na frente (8/6). Apesar de estar sempre no comando, as mineiras perceberam que o Sesi-SP não ia deixar o placar deslanchar. As donas da casa chegaram a marcar 18/15, mas as paulistas empataram. A reta final do set ficou emocionante. Depois do ace de Natasha, a Usiminas/Minas marcou 24/23, mas o Sesi-SP empatou no erro de Herrera (24/24). Na invasão de Dani Lins, a Usiminas/Minas marcou (26/24) levou a decisão para o quinto set.

Na parcial decisiva, depois do bloqueio de Sassá sobre Ramirez, o Sesi-SP marcou 4/2. A Usiminas/Minas reagiu e marcou 5/5, no ataque de Herrera. Após um contra-ataque para fora de Fernanda Isís, o time paulista abriu 11/09. Depois de dois contra-ataques de Herrera, a Usiminas/Minas passou à frente e marcou 13/12. No erro de saque do Sesi-SP, as donas da casa fecharam em 15/13 e carimbaram o passaporte para as semifinais.
 
Polêmica após a partida: Fernanda Isis provoca jogadora do Sesi
 
 

 

Após essa provocação, Fernanda Isis e Elisângela lideraram os TT´s Brasil. Imediatamente Natália Zilio, Ana Maria, Carol Gattaz, entre outras jogadoras manifestaram repulsa com a declaração e enviaram mensagens de apoio a experiente Elisângela. 

Usiminas/Minas – Claudinha, Herrera, Ramirez, Mariana, Natasha e Fernanda. Líbero Tássia. Entraram – Dani Suco, Carla, Flavinha e Carol. Técnico – Jarbas Ferreira

SESI-SP – Dani Lins, Elisângela, Sassá, Soninha, Marina e Roberta. Líbero – Michele. Entraram – Marcela, Jéssica, Natália, Renata e Stephany. Técnico – Talmo de Oliveira



Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x