Search
Wednesday 14 April 2021
  • :
  • :

Dani Lins e Adenizia celebram convocação

Levantadora e central se apresentam nos próximos dias. (Foto: Marcelo Ferrazoli)

O Sesi Vôlei Bauru teve duas atletas convocadas para a seleção brasileira. Neste ano olímpico, a seleção brasileira jogará, primeiramente, a Liga das Nações, que vai acontecer em sistema de bolha, na cidade de Rimini, na Itália. A competição será de 25 de maio a 20 de junho, e se apresentam na próxima segunda-feira, 5, no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ).

Foram chamadas a levantadora Dani Lins e a central Adenízia, que são comandadas pelo técnico Rubinho.  “As duas convocações são justas. As atletas Dani Lins e Adenízia fizeram boa temporada, destacando-se nesta fase de play-offs, onde levaram a equipe do Sesi a disputa da semifinal, em jogos bastante disputados contra a equipe do Minas TC”, diz. E acrescenta:

“Dani se destacou na boa distribuição, colocando todas as suas atacantes em jogo, crescendo o volume de jogo de suas centrais. No saque também foi muito efetiva, com boa velocidade e taticamente cumprindo bem os objetivos da equipe. Adenízia cresceu em todos os fundamentos, ênfase maior ao seu ataque e bloqueio, embora no saque tenha também se destacado.  Duas atletas que podem ajudar muito a seleção nacional, com sua capacidade técnica aliada a grande experiência no circuito.”

Dani Lins que participou do seu último campeonato mundial em 2018, no ano em que sua filha Lara nasceu, onde não mediu esforços para entrar em quadra com a camisa da seleção, vai voltar para a equipe do Zé Roberto após se afastar para cuidar das costas.

“Estou muito feliz pela convocação. Me dediquei bastante, tinha outro objetivo na Superliga que não foi atingido, mas agora vamos focar e trazer o ouro olímpico para o Brasil. Não vai ser fácil, longe da Lara, mas vou dar o meu melhor”, garante. Diz ainda que vai jogar com aletas que nunca jogou. “Vou jogar com galera jovem, e com boas expectativas! O tempo é curto, mas vamos lá! Estou feliz”, completa Dani Lins.

Adenízia demonstra toda sua alegria por mais uma oportunidade de jogar na seleção brasileira “Essa convocação é motivo de felicidade, porque foram dois anos muito difíceis pra mim. Tive lesão, recuperação, depois pandemia, e minha cabeça girou muito nesse tempo, se eu ia voltar na minha performance de antes ou não. Então essa convocação pra mim é uma coroação de tudo aquilo que eu fiz, de todo o sacrifício que eu fiz, de toda dor que eu senti. Eu estou muito feliz! Indo agora treinar com a seleção, vou aproveitar cada momento, quero evoluir muito, quero crescer muito, ajudar o grupo. Meu entusiasmo é tão grande que não tem nem cansaço da temporada da Superliga com o time. Espero dar o meu melhor, sempre. Felicidade, é o modo que decido resumir o que estou sentindo. Quero continuar lutando para estar sempre no meu melhor ritmo para fazer minhas melhores performance”, expõe a central.

O técnico da Seleção Brasileira, Zé Roberto terá ao seu lado o assistente-técnico Wagner Coppini, o Wagão, o fisioterapeuta Fernando Fernandes, os preparadores físicos Caíque Botelho e José Elias de Proença, o médico Júlio Nardelli, o massoterapeuta Eustaquio Junio, e os auxiliares de treino Alexandre Gomes, Fabio Marques, Fabiano Marques e Gabriel Moraes.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x