Search
Saturday 24 October 2020
  • :
  • :

Danielle Scott: “Eu ainda acredito que somos a melhor equipe”

Foto: Damian Dovarganes/AP

Foto: Damian Dovarganes/AP

Na última segunda-feira (20/08), a meio de rede Danielle Scott, medalha de prata nos últimos Jogos Olímpicos, desembarcou no aeroporto de Baton Rouge (Luisiana), sua cidade natal, para rever amigos, familiares e sua pequena filha de dois anos após Londres 2012. Mesmo chegando quase de madrugada, cerca de 20 pessoas foram receber a atleta, que disputou pela quinta oportunidade os Jogos Olímpicos.

A atleta, segundo a reportagem do The Advocate, não demonstrou frustração pelo segundo vice-campeonato olímpico consecutivo, pelo contrário: se disse muito honrada em ser uma das 11 atletas dos Estados Unidos no geral a ter cinco participações olímpicas, com duas medalhas de prata conquistadas.

A central de 39 anos de idade, no entanto, acredita que o último dia 11 de agosto, data da final contra o Brasil, foi atípico.

“Eu ainda acredito que somos a melhor equipe. Mas o Brasil foi um melhor time naquele dia, e isso acontece de vez em quando no esporte. Eu me sinto feliz por ter duas dessas (medalhas). Não são muitas mulheres que as tem”, afirmou para a publicação norte-americana.

Rio 2016?

Se sua companheira de equipe Tayyiba Haneef anunciou a aposentadoria com apenas 33 anos de idade, Scott refurou tal possibilidade por enquanto. A meio de rede, inclusive, não descarta a possibilidade de tentar jogar nas Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016.

“Definitivamente vou analisar minhas opções”, resumiu.

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x