Search
Tuesday 22 September 2020
  • :
  • :

De olho na redenção, Rússia e EUA se enfrentam na estreia do Grand Prix

Foto: Divulgação

Após a eliminação para o Brasil nas Olímpiadas de 2012, EUA e Rússia entram em quadra às 16h30, na Arena Amil em Campinas, para exibir seus novos times pós-Londres 2012.

Nos EUA, a mudança mais drástica está no comando. Karch Kiraly estreia e tem a missão de colocar as americanas de novo no topo. E para eles, nada melhor do que começar conquistando o tetracampeonato consecutivo do Grand Prix, feito inédito na história.

Porém, segundo Kiraly, o pensamento delas não é esse. “Nós temos um número grande de caras novas, por isso é difícil saber o que esperar de novatas como Kim Hill, Rachael Adams, Kelly Murphy, Jenna Hagglund e outras. É ótimo ter algumas caras novas e levá-los algum tempo de jogo. Mas isso também faz com que seja um pouco difícil prever o que vamos fazer “.

Já na Russia, as principais mudanças estão em quadra e a pergunta maior é: há vida pós-Gamova? Para esse jogo, as russas se valem de um tabu. Desde 2003, tem vencido todos os seus jogos de estreia no torneio. Americanas e russas fazem parte da chave A, que tem também Brasil e Polônia, e é considerado uma das mais fortes do Grand Prix 2013.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x