Search
Friday 18 September 2020
  • :
  • :

De olho no fim do jejum, Brasil estreia no Grand Prix 2013

Foto: Divulgação/CBV

Todo mundo afirma que o Grand Prix já não tem a mesma importância de antes, mas ninguém nega: o jejum de três anos sem título no torneio incomoda. E é para dar fim a esse jejum que a seleção feminina de vôlei entra em quadra a partir desta sexta-feira (02/08) em Campinas.

O primeiro duelo será contra a Polônia. Antes mesmo do jogo começar, o clima nas declarações já esquentou. Mas dentro de quadra, o Brasil promete não dar chance ao adversário.

Apesar dos desfalques de Tandara (contusão no ombro) e Natália (envolvida num processo de julgamento de doping), a seleção trás novidades para o torneio. É a volta das campeãs olímpicas Sheilla, Fabiana, Thaísa e Fabi.

Para o técnico José Roberto Guimarães, a Polônia será um adversário difícil. “O time da Polônia está bem, já se preparando para 2016. Sabemos que elas fizeram alguns amistosos e estão crescendo. É um time alto e bom tecnicamente. Não tenho dúvidas que teremos muitas dificuldades para ganhar da Polônia na estreia do Grand Prix”, afirmou.

Pelo lado da Polônia, o pensamento é diferente. Segundo o técnico Piotr Makowski, o time polonês ficará contente se sair dos três jogos com pelo menos um set vencido.

Para a líbero Fabi, jogadora mais experiente do time brasileiro, é importante salientar que o jogo em casa já serve como preparação para 2016. “Jogar em casa vai ser importante para nos familiarizarmos com a torcida e a pressão. Vamos jogar no Brasil com maior frequência para chegarmos acostumadas nos Jogos Olímpicos de 2016. Queremos começar bem no Grand Prix, mostrando que somos competitivas independentemente de quem estiver jogando”, afirmou a líbero.

Brasil e Polônia entram em quadra Às 19h30, na Arena Amil, em Campinas.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x