Search
Saturday 16 January 2021
  • :
  • :

De virada, Osasco São Cristóvão Saúde bate Fluminense

Gabi Cândido foi eleita a melhor do jogo. (Foto: Mailson Santana/FFC)

Osasco São Cristóvão Saúde derrotou o Fluminense, de virada, por 3 sets a 1, parciais de 23/25, 25/14, 25/15 e 25/15, em 1h45min, na noite desta terça-feira (12), no ginásio Hebraica, nas Laranjeiras. A partida foi válida pela segunda rodada do returno da Superliga Banco do Brasil 20/21 e, com o resultado, a equipe comandada pelo técnico Luizomar segue na vice-liderança do campeonato nacional e firme na briga pela ponta da tabela – está empatada em número de pontos com o Itambé Minas. O próximo desafio de Tandara, Camila, Maynay, Roberta e cia. será nesta sexta-feira (15), no José Liberatti, contra o São Paulo/Barueri.

Tandara foi a maior pontuadora da partida, com 19 acertos. Gabi Cândido, com 12, ganhou o troféu VivaVôlei. “Deixamos a desejar na virada de bola no primeiro set, mas o importante foi a reação do time e a vitória. Estou muito feliz em Osasco e é um privilégio jogar nesse time, com grandes jogadoras e uma Comissão Técnica que confia em mim. Estou evoluindo muito nessa temporada”, disse Gabi.

O jogo – Osasco mandou no placar desde o início do jogo. Isso até a parte final do primeiro set. Quando Tandara atacou para fazer 22/18, parecia que a vitória estava encaminhada. Contudo, o Fluminense reagiu. Encaixou o saque, contou com erros das osasquenses para encostar, empatar no 22/22 e virar. Tainara ainda deixou o time visitante na briga no 23/24, mas as donas da casa conseguiram levar a parcial inicial por 25/23.

Após o susto, as comandadas de Luizomar voltaram ligadas no 220v para o segundo set. Mayany, no bloqueio, fez 13/7. Bia, com um ace, garantiu uma vantagem de dez pontos no placar: 18/8. Tainara e Mayany, novamente no paredão, ampliaram a diferença e levaram o marcador para 20/8. Após grande defesa de Camila Brait, Gabi Cândido atacou na entrada de rede para fazer o set point (24/11). E Bia, novamente em um ponto direto de saque, fechou em 25/14 e empatou a partida em 1 a 1.

Embalado pela boa atuação na parcial anterior, Osasco manteve o bom nível de jogo e mandou no placar. Gabi Cândido atacou uma diagonal curta para fazer 15/5. Bia, com inteligência, empurrou uma bola no fundo de quadra para ‘matar’ a defesa e fazer 20/11. Na mesma pegada, Roberta achou um espaço no meio da quadra em uma bola de segunda. Na força e no jeito, Tandara fechou a parcial. Enfiou a mão no 24/13 e fechou com uma largadinha: 25/15.

Dispostas a fechar a partida e garantir os três pontos, as comandadas de Luizomar não perderam o foco. Com muito volume de jogo, bloqueio bem montado e defesa eficiente, Osasco não deu chances ao Fluminense. Com um ace, Gabi marcou no 15/8. Após três pontos seguidos de bloqueio, as osasquenses chegaram ao 20/11. Mayany atacou pelo meio para anotar o match point e Tainara fechou em 25/15.

Osasco São Cristóvão Saúde: Roberta (6), Tandara (19), Gabi Cândido (12), Tainara (18), Mayany (10), Bia (11) e a líbero Camila Brait. Técnico: Luizomar. Entraram: Kika, Ana Medina.

Fluminense: Giovana, Arianne (13), Natasha (6), Juli Lazcano (5), Dayse (12), Mayara (12) e a líbero Lelê. Técnico: Hylmer do Nascimento Dias. Entraram: Rosely, Julia Moura, Letícia.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x