Search
Tuesday 7 April 2020
  • :
  • :

Definida a tabela do Sul-Americano de Clubes Feminino, com sede em Uberlândia e Uberaba

Crédito: Hérica Suzuki

 

O Praia Clube recebe, de 14 a 18 de fevereiro, as partidas do Grupo A do Sul-americano Feminino de Voleibol. O torneio reunirá as seguintes agremiações: Dentil/Praia Clube (representante da cidade-sede), Rexona-Sesc (atual campeão da Superliga), Villa Dora (Argentina), Club Olympic (Bolívia), San Martin (Peru) e Boca Juniors (Argentina). Em 2017, o torneio chega a 17ª edição chancelado pela Confederación Sudamericana de Voleibol (CSV).

 

O técnico da equipe Dentil/Praia Clube, Ricardo Picinin, está bastante motivado para a disputa internacional. “O Sul-americano é uma competição que dá vaga ao campeão no Mundial de Clubes, receberemos em nossa casa equipes da Argentina, Bolívia e Peru. Temos captado informações sobre as agremiações estrangeiras e estamos treinando forte para conquistarmos este título inédito para o Praia Clube”, disse o comandante.

 

A capitã Walewska acredita que será preciso uma adaptação muita rápida, afinal, o campeonato ocorre em um curto espaço de tempo. As equipes entrarão em quadra praticamente todos os dias. “Precisamos assimilar tudo que for passado dos adversários de uma maneira bem prática. Jogaremos na quarta e na quinta pela fase de grupos. Na sexta-feira, em Uberaba, tem semifinal. No dia seguinte, se tudo ocorrer bem, a grande decisão. Vamos treinar com bastante afinco para alcançarmos os nossos objetivos”, reforçou a central.

 

Uberaba

De acordo com o vice-presidente da Fundação Municipal de Esporte e Lazer (Funel), Flávio Henrique Bernardes, a realização do Sul-Americano Sub-20 de Seleções, em outubro, ajudou a cidade a comprovar a capacidade de receber grandes eventos. “Realizamos em outubro de 2016 o Sul-Americano Sub-20 de Seleções em Uberaba e surgiu essa possibilidade para sediar o Sul-Americano junto com o Praia Clube. A expectativa é muito grande e com certeza vai ser mais um grande evento. Estamos muito felizes e esperamos até ter essa parceria mais vezes”, comemorou.

 

O Rexona-Sesc (RJ) é o atual campeão sul-americano. Em 2016, a disputa foi realizada na cidade argentina de La Plata.

 

Confira a tabela com todos os jogos:

 

14/02 (terça-feira), às 19h30

Villa Dora x Club Olympic – Arena Praia, em Uberlândia

Rio de Janeiro x Boca Juniors – Centro Olímpico, em Uberaba

 

15/02 (quarta-feira), às 19h30

San Martin x Boca Juniors – Centro Olímpico, em Uberaba

Dentil/Praia Clube x Club Olympic – Arena Praia, em Uberlândia

 

16/02 (quinta-feira), às 19h30

Rio de Janeiro x San Martin – Centro Olímpico, em Uberaba

Dentil/Praia Clube x Villa Dora – Arena Praia, em Uberlândia

 

17/02 (sexta-feira)

Semifinal 1, às 18h30

Semifinal 2, às 20h30

 

18/02 (sábado)

Disputa do 5º lugar, às 14h

Disputa do 3º lugar, às 17h

Final, às 21h30, na Arena Praia, em Uberlândia, com transmissão ao vivo do canal SporTV




6
Deixe um comentário

avatar
4 Comment threads
2 Thread replies
1 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
Rebbeca MeloRobertoStênioAdriana NascimentoWillian Lopes Recent comment authors
  Subscribe  
o mais novo mais velho mais votado
Auto Notificar:
Rebbeca Melo
Visitante
Rebbeca Melo

Além da final, vai ser transmitido mais algum jogo?

Adriana Nascimento
Visitante

Apesar de estar enfarada de ver o RJ ganhar tudo, verdade seja dita, o trabalho é bem feito e muito bem feito e coisa boa, resta copiar.

Roberto
Visitante
Roberto

trabalho não é bem feito. Na verdade são os outros times é que são ruins e mal treinados. Quando enfrentam times internacionais o Rio sempre toma no fiofó. E não necessariamente dos times dos grandes elencos.

Willian Lopes
Visitante
Willian Lopes

Disputar o que, o Rexona vai ser campeão mesmo. O Praia é fregues de carteirinha. Além de mineiro o que o Praia já ganhou ????? Por enquanto é time pequeno querendo ser grande. Tem time para isto, ,as precisa provar, e este campeonato pode ser um divisor de água.

Stênio
Visitante
Stênio

É estranho analisar, mas o Praia tem um perfil de ter mais capacidade de ganhar dos grandes clubes do mundo! Centrais altas e que impõe respeito para todas as jogadoras internacionais, atacantes definidoras e altas (Alix), jogadoras conhecidas, etc. Mas não ganha das “baixinhas” do Rexona!!! Pior é saber que o time carioca não impõe respeito às potências internacionais, pois tamanho impressiona… e isto definitivamente o Rio não tem. E respeito é meio caminho andado pra Vakfi, Eczacibaci, Fener, etc. temer ou tremer diante dos adversários. Por isso o Rio não ganha mundial. Obs.: Bernardinho impõe respeito, mas cara feia… Ler mais »

Não engoli a derrota pras Ching Lings
Visitante
Não engoli a derrota pras Ching Lings

Já pode dar a taça pro Rexona, afinal o amarelo do uniforme do Praia, fica mais reluzente quando joga contra Bernardo e suas anãzinhas.

Translate »