Search
Monday 30 November 2020
  • :
  • :

Definidos os cruzamentos das quartas-de-final

 10/03/12 – A décima primeira e última rodada da fase classificatória da Superliga masculina de vôlei 11/12 definiu os cruzamentos das séries melhor de três partidas das quartas-de-final. O Sada Cruzeiro (MG) entrou em quadra com a primeira posição já garantida e acabou superado pelo Sesi-SP. O time paulistano venceu por 3 sets a 0 31-29, 25-23 e 25-21, em 1h22 de jogo, na Vila Leopoldina, em São Paulo (SP).

Mesmo assim, como foi o primeiro colocado, o Sada Cruzeiro (MG) enfrentará o BMG/São Bernardo (SP), oitavo, na fase em que as equipes buscam uma vaga nas semifinais. No confronto do segundo contra o sétimo, a série será entre Sesi-SP e RJX (RJ). Terceiro colocado na fase de classificação, o Vôlei Futuro (SP) terá a Medley/Campinas (SP), sexta colocada, pela frente. E a Cimed/SKY, que ficou em quarto lugar, enfrentará o Vivo/Minas (MG), quinto colocado.

Na partida que envolveu os dois primeiros colocados, o levantador do Sesi-SP, Sandro, teve atuação de destaque, foi eleito o melhor da partida e saiu de quadra com o Troféu VivaVôlei em mãos. Já o cubano Sanchez, da equipe mineira, foi bem acionado e terminou o jogo como o maior pontuador, com 16 acertos.

Em uma posição confortável na tabela, o Sada Cruzeiro poupou os ponteiros Maurício e Filipe, utilizando Sanchez e Lucas Loh, além dos centrais Douglas e Acácio, colocando em quadra Rogério e Lucão. Já o Sesi-SP não contou com o meio de rede Sidão, poupado com uma lesão na panturrilha, e escalou Tiago Barth.

Após a partida, o capitão do Sesi-SP, Murilo, falou sobre a importância da vitória conquistada nesta tarde. “Para eles, o resultado não mudava nada na classificação e acho que fizeram certo em descansar alguns jogadores. Mas jogaram bem, dificultaram para o nosso lado e, por isso mesmo, essa foi uma vitória muito importante. Vamos para o play-off com um ânimo ainda maior”, disse Murilo.

O levantador do Sada Cruzeiro, William Arjona, também saiu de quadra satisfeito. “Foi bacana ver essa moçada enfrentando um time como o Sesi-SP de igual para igual e encarando todo mundo de frente. Fiquei feliz”, afirmou Arjona.

O Jogo

O início foi equilibrado. Com ace de Rodrigão, o Sesi-SP passou a frente em 5/4. Com ataque do cubano Sanchez, o Sada Cruzeiro deixou o jogo igual em 7/7. As equipes seguiram trocando pontos e, com erro de ataque do adversário, o time da Vila Leopoldina fez 18/17. Em forte ataque de Sanchez, o Sada Cruzeiro assumiu o comando do set em 22/21. Depois de um final de set bastante equilibrado, vitória do time paulistano por 31/29.

O Sesi-SP saiu melhor na segunda parcial e fez 8/5 no primeiro tempo técnico. O Sada Cruzeiro buscou o jogo e empatou em 13 pontos. Assim como no primeiro set, o jogo seguiu equilibrado e disputado ponto a ponto. Quando o Sada Cruzeiro abriu dois de vantagem (19/17), o técnico do Sesi-SP, Giovane, pediu tempo. O time paulistano conseguiu o empate em 21/21 com ponto de ataque do oposto Juninho. E o Sesi-SP fechou em 25/23.

Wallace, do Sada Cruzeiro, abriu o terceiro set com um ponto de bloqueio. A tônica do jogo seguiu a mesma, com uma disputa bem equilibrada. O placar esteve empatado em 4/4 e em 7/7. O Sesi-SP abriu dois pontos em 11/9. A equipe paulistana manteve a vantagem na segunda parada técnica: 16/13. O Sada Cruzeiro encostou no placar em 19/18, mas o time da Vila Leopoldina fechou o set em 25/21 e o jogo em 3 a 0.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x