Search
Friday 25 September 2020
  • :
  • :

Depois de denuncias do Dossiê, oficialmente Ary Graça deixa o comando da CBV

Foto: Divulgação

As denúncias feitas pelo “Dossiê do Vôlei”, divulgado pelo jornalista Lúcio de Castro, da ESPN, fez a sua segunda vítima e a mais representativa até então. 

Eleito presidente da FIVB em 2012, Ary Graça renunciou oficialmente nesta sexta-feira (14/03) ao cargo de presidente da CBV. Mesmo após passar a mandar na entidade internacional, Ary seguia dando ordens na CBV. Para efeitos legais, Walter Laranjeiras, vice da entidade, era o presidente em atividade.

Ary é o segundo que cai depois da divulgação da denúcias. Marcos Pina, Superintendente da CBV, foi o primeiro.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x