Search
Wednesday 19 February 2020
  • :
  • :

Duplas masculinas do Brasil avançam para as oitavas na Polônia

Foto: FIVB

Alguns tropeços pelas areias de Stare Jablonki (POL) não foram capazes de derrubar as duplas masculinas do Brasil, que, nesta quinta-feira (04/07), avançaram para a segunda fase do Campeonato Mundial de Vôlei de Praia. Alison e Emanuel, que defendem o título, foram os únicos que se classificaram de forma invicta. Já os atuais líderes do ranking do Circuito Mundial, Bruno Schmidt e Pedro Solberg, voltaram a ser surpreendidos, mas se garantiram.

Os atuais campeões mundiais garantiram logo cedo o primeiro lugar do Grupo B. Com uma grande atuação de Alison, que fez 27 pontos (19 de ataque, seis de bloqueio e dois de saque), a dupla com Emanuel derrotou os letões Plavins e Peda por 2 a 0, parciais de 21-17 e 21-11. Nesta sexta-feira (05/07), pela segunda fase, que já é eliminatória, o primeiro mata-mata do Mundial, os brasileiros lutarão por vagas nas oitavas de final.

“Um grande time cresce durante a competição. Nosso primeiro jogo foi muito difícil, contra um time da casa que a gente não conhecia, enquanto eles nos conheciam muito bem. No segundo jogo, o W.O. nos ajudou com relação ao descanso e também para estudarmos os letões. Eles se revezam na entrada e na saída de rede, então tivemos que estudá-los duas vezes. Fora que o Plavins foi eleito o melhor defensor da Olimpíada. Mas acho que usamos bem a nossa “folga” e fizemos o melhor”, analisou Alison.

Quem conheceu a primeira derrota nesta quinta foram Ricardo e Álvaro Filho, que já estavam classificados e apenas lutavam pelo primeiro lugar do Grupo K. O tropeço foi diante dos austríacos Doppler e Horst: 2 a 1, parciais de 21-19, 19-21 e 15-12.

E pelo Grupo E, que colocou frente a frente duas duplas brasileiras, Evandro e Vitor Felipe atropelaram os holandeses Van Dorsten e Elferink com uma vitória por 2 a 0, parciais de 21-13 e 21-14, e terminaram em segundo na chave.

Já Bruno Schmidt e Pedro Solberg, que entraram como um dos grandes favoritos ao título, devido à boa fase no Circuito Mundial, perderam para os espanhóis Herrera e Gavira por 2 a 0 (21-17 e 21-18) e acabaram se classificando como um dos oito melhores terceiros colocados.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »