Search
Wednesday 21 October 2020
  • :
  • :

Em Cartagena, Brasil passa pela Argentina e vai às semifinais com aproveitamento total

Crédito: CBV/Facebook

Crédito: CBV/Facebook

A Seleção Brasileira feminina de Vôlei encerrou a primeira fase do Sul-Americano com mais uma vitória, a terceira em três jogos por 3 sets a 0. A vítima desta quinta-feira foi a Argentina, que caiu com parciais de 25-16, 25-17, 25-14. O placar do segundo, inclusive, foi o set em que o Brasil sofreu mais pontos em toda nessa edição de Cartagena. Mesmo derrotadas, as argentinas também se qualificaram para as semifinais.

 

O time argentino que disputa o torneio continental tem apenas quatro das jogadoras que estavam na Copa do Mundo há um mês, Marcia Scacchi, Natalia Aispurua, Sol Piccolo e Clarissa Sagardia.  O Brasil, por sua vez, entrou em quadra com Dani Lins, Sheilla, Mari Paraíba, Gabi, Fabiana, Juciely e Camila Brait, ou seja, três campeãs olímpicas titulares, cinco jogadoras presentes ao mundial do ano passado. A conclusão óbvia é que as Panteras não seriam páreo. E não foram.

 

“Entramos concentradas para fechar esse jogo em 3 a 0 e, agora, vamos para a semifinal”, disse Mari Paraíba. “(O Sul-Americano) É bom para entrosar a equipe, é o nosso último campeonato (pela seleção, este ano) e vamos ganhando confiança uma na outra”, completou a ponteira.

 

As semifinais do sul-americano serão na sexta-feira. O Brasil joga contra o perdedor de Colômbia e Peru, que se enfrentam no fim desta terceiro rodada. Pela tabela da Confederação Sul-Americana de Vôlei, o Brasil entra em quadra às 19h, pelo horário de Brasília. Mas não causaria surpresa, em caso de confronto contra o time da casa, que a partida ficasse para o fechamento da jornada, às 21h.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x