Search
Monday 28 September 2020
  • :
  • :

Em Haia, brasileiras começam bem a fase de grupos

Foto: FIVB

As brasileiras começaram muito bem a etapa feminina do Grand Slam de Haia (HOL) do Circuito Mundial 2013. Nesta quarta-feira, no primeiro dia de disputas no feminino, as brasileiras perderam apenas um jogo e justamente no duelo entre duplas do país.

O público no Beach Stadion, em Haia, presenciou o que pode ser considerada uma revanche entre amigas. Pelo Grupo G, Lili e Bárbara Seixas devolveram a derrota na Argentina pelo mesmo placar, e também de virada. Desta vez, venceram Ágatha e Maria Elisa por 2 a 1, parciais de 15-21, 25-23 e 15-8. Um duelo ainda estranho para Bárbara Seixas e Ágatha, que dois meses atrás conquistavam, juntas, o inédito título brasileiro na capital federal.

“É um pouco estranho, sim, porque estávamos tão perto e unidas até pouco tempo, mas somos abertas a essa nova mudança e faremos o nosso melhor, não importa com quem estamos jogando. E vamos sempre torcer uma pela outra. Somos amigas e compartilhamos dos mesmos pensamentos”, declarou Bárbara Seixas. “E quando se joga Brasil contra Brasil, é sempre um jogo muito competitivo, estressante e emocional. Nos conhecemos muito bem e temos que estar alertas o tempo todo”, emendou.

Apesar da derrota na estreia, Maria Elisa tem Haia como uma de suas cidades preferidas no Circuito Mundial, daquelas que costumam lhe trazer sorte e bons fluidos. Ao lado de Talita, ela subiu ao pódio holandês em três edições seguidas: em 2009, a prata; em 2010, o ouro; e em 2011, o bronze. No fim do jogo desta quarta-feira, Maria Elisa admitiu que ela e Ágatha jogaram muito bem no primeiro set, mas reconheceu que Lili e Bárbara Seixas acertaram na mudança de tática para vencerem a partida.

E Lili e Bárbara Seixas fecharam o dia em primeiro lugar do grupo, depois de vencerem, na sequência, as polonesas Kolosinska e Brzostek por 2 a 0, com um duplo 21-13. Já Ágatha e Maria Elisa se redimiram e derrotaram uma das donas da casa, a dupla Van der Vlist/Wesselink, por 2 a 0, parciais de 21-15 e 21-19, posicionando-se em segundo lugar na chave.

Taiana e Talita, campeãs do Grand Slam de Xangai, lideram o Grupo H. Nesta quarta, venceram seus dois compromissos do dia. Na estreia, não tomaram conhecimento das australianas Artacho e Ngauamo e aplicaram 2 a 0, com parciais de 21-6 e 21-12. Depois, bateram as alemãs Köhler e Schumacher por 2 a 0 (21-18 e 21-16). Nesta quinta, buscam a vitória sobre Liliana/Baquerizo (ESP) para confirmarem o primeiro lugar e se garantirem diretamente nas oitavas de final.

Por fim, as irmãs Maria Clara e Carol, sensações nas duas últimas etapas, quando saíram do qualifying para levar o Brasil ao pódio, com dois terceiros lugares. Nesta quarta, pelo Grupo C, venceram suas duas partidas e lideram a chave: 2 a 0 (21-11 e 21-13) sobre Emilia Nystrom/Erika Nystrom (FIN) e 2 a 0 (21-19 e 22-20) em cima de Prokopeva/Popova (RUS). Nesta quinta, o duelo contra Holtwick/Semmler (ALE) pelo primeiro lugar do grupo.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x