Search
Friday 29 May 2020
  • :
  • :

Em jogo cheio de viradas e emoções, Fiat/Minas bate o Taubaté no tie-break

Davy, em destaque, foi eleito o melhor do jogo. (Foto: Orlando Bento/MTC)

Não se conta vitória antes da hora. A frase pode muito bem definir o que foi Fiat/Minas x EMS Taubaté Funvic, realizado na tarde desse sábado, na Arena Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte (MG). Em um duelo cheio de viradas e emoções, o time mineiro levou a melhor e mostrou que o jogo só acaba quando termina. Após vencer a primeira parcial (25/21), os minastenistas cometeram alguns erros e viram o Taubaté, mais equilibrado em momentos decisivos, vencer os dois sets seguintes (25/20 e 25/20).

No quarto set, a primeira frase do texto prova, mais uma vez, que a vitória só se deve ser comemorada quando ela for certa. O Taubaté fez 24 a 21, mas os minastenistas foram guerreiros e, com muita raça e determinação, viraram a parcial e venceram o set, por 29 a 27, levando, então, a disputa para o tie-break. No set de desempate, domínio total do Fiat/Minas, que não deixou o time paulista respirar (15/8) e venceu o jogo, por 3 sets a 2, fazendo a festa dos 873 torcedores presentes. O oposto Davy foi o maior pontuador do jogo, com 22 pontos, e, ainda, levou o Troféu Viva Vôlei. Com a vitória, o time minastenista chegou aos 29 pontos e se mantém na sexta posição.

O próximo compromisso do Fiat/Minas será longe da capital mineira. O time vai a Ponta Grossa, no Paraná, onde enfrenta o Ponta Grossa Vôlei, pela antepenúltima rodada da fase classificatória da Superliga. O duelo será nesta quarta-feira (4/3), às 19h, com transmissão, ao vivo, do Canal Vôlei Brasil.

Para o técnico Neri Tambeiro, o jogo de hoje mostrou o espírito de superação da equipe, que vai chegar forte para os play-offs. “Fizemos o primeiro turno muito abaixo do que a gente esperava e isso estava incomodando muito o nosso time. Trabalhamos forte para melhorar isso e, agora, no returno, graças a Deus, dos quatro maiores, a gente ganhou de três. Então, nos play-offs, com certeza, chegaremos fortalecidos. Hoje, o grupo foi aguerrido. Se não for assim, a gente não tira a diferença técnica dos principais jogadores do voleibol brasileiro. Não pode faltar garra, determinação e vontade. Isso nos ajudou a vencer o quarto set. No tie-break, eles vacilaram e fomos quase que perfeitos. Colocamos uma grande diferença e eles não conseguiram acompanhar mais”, avaliou o treinador minastenista.

A batalha
O Fiat/Minas começou o jogo desse sábado com determinação. Desde o início do primeiro set, o time da casa mostrou regularidade no ataque e esteve bem seguro no bloqueio. O set iniciou bem disputado, mas o Fiat/Minas, aos poucos, conseguiu dominar o adversário e venceu o primeiro set, após erro de saque do Taubaté: 25/21.

No segundo set, o jogo mudou. O Taubaté conseguiu marcar o ataque minastenista, que teve trabalho para virar bolas na quadra adversária. Assim, o time paulista conseguiu fazer o seu jogo e empatou o duelo, ao fazer 25/20.

No terceiro set, os dois times disputaram o ponto a ponto até décimo ponto (10/10). Depois disso, o Taubaté conseguiu abrir vantagem, após algumas falhas na defesa minastenista (15/12). Os minastenistas reagiram e encostaram no placar (15/14), porém, a reação mineira parou por ai. Por outro lado, o Taubaté, mais consistente no setor ofensivo, virou o jogo, ao fazer 25/20.

No quarto set, o coração do torcedor minastenista bateu mais forte. A parcial foi muito equilibrada até a metade do set (8/8, 12/12). Depois, o Fiat/Minas cometeu alguns erros de saque e na defesa. Com isso, o time de Taubaté cresceu e esteve perto de fechar o jogo (24/21). Neste momento, o técnico minastenista Nery Tambeiro parou o jogo, corrigiu o posicionamento do time, que voltou para a quadra com outra postura. Na raça, o time mineiro foi ao ataque e empatou o jogo (24/24). A partida ficou tensa e o torcedor foi à loucura. Empurrado pelos quase 900 torcedores, o Fiat/Minas conseguiu finalizar o set, com ace de Davy, e levou a disputa para o tie-brek (29/27).

O torcedor minastenista não sabia o que vinha pela frente. A equipe mineira se empolgou com a virada e não deixou o Taubaté respirar em quadra. Quando as equipes trocaram de lado na quadra, o Fiat/Minas já vencia por 8 a 3. O Taubaté sentiu a pressão e, desta vez, errou mais em quadra. Com o ataque forte de Deivid e Davy, o time minastenista conseguiu, então, vencer o jogo, ao finalizar o set de desempate em 15/8.

Ficha técnica
Fiat/Minas: 
Rodrigo, Davy, Lazo, Honorato, Deivid, Matheus Pinta e Maique (líbero). Entraram: Westermann, Lucas, Alejandro e Ocampo. Técnico: Nery Tambeiro.
EMS Taubaté Funvic: Vissoto, Rapha, Lucarelli, Maurício Souza, Douglas Souza, Lucão e Thales (líbero). Entraram: Renan, Jeronymo, Rogerinho, Carísio e Mohamed. Técnico: Renan Dal Zotto.
Árbitros: Guilherme Mendonça e Andreza Nogueira, ambos de Minas Gerais (MG).
Público: 873 torcedores.

Superliga 2019/20 – Segundo turno
11/1 – Fiat/Minas (3 x 0) Vôlei Um/Itapetininga – Arena MTC – 26/24, 25/20 e 25/20
19/1 – Denk Academy Maringá Vôlei (0 x 3) Fiat/Minas – Maringá (PR) – 23/25, 21/25 e 26/28
25/1 – Fiat/Minas (0 x 3) Vôlei Renata – Arena MTC – 20/25, 20/25 e 19/25
5/2 – Fiat/Minas (0 x 3) Apan Blumenau – Arena MTC – 17/25, 22/25 e 25/27
9/2 – Sesc-RJ (1 x 3) Fiat/Minas – Rio de Janeiro (RJ) – 20/25, 21/25, 25/21 e 19/25
20/2 – Sesi-SP (0 x 3) Fiat/Minas – São Paulo (SP) – 15/25, 22/25 e 20/25
26/2 – Fiat/Minas (0 x 3) Sada Cruzeiro – Arena MTC – 17/25, 23/25 e 18/25
29/2 – Fiat/Minas x EMS Taubaté Funvic – Arena MTC  (25/21), 20/25, 20/25, 29/27 e 15/8)
4/3 – 19h – Ponta Grossa Vôlei x Fiat/Minas – Ponta Grossa (PR)
7/3 – 16h – Fiat/Minas x Pacaembu/Ribeirão Preto – Arena MTC
14/3 – 21h – América Vôlei x Fiat/Minas – Montes Claros (MG)




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »