Search
Thursday 28 January 2021
  • :
  • :

Em Sendai, Brasil estreia na segunda semana contra Sérvia

 

Seleção já está no Japão para disputa da segunda semana (Divulgação/CBV)

 

 

A seleção brasileira feminina de vôlei já está em Sendai, no Japão, para a disputa da segunda semana do Grand Prix. Nesta quarta-feira (12.07), a equipe do treinador José Roberto Guimarães realizou os primeiros treinamentos em solo japonês. O primeiro desafio das brasileiras nesta etapa será a Sérvia às 3h40 (horário de Brasília) desta sexta-feira (14.07), na Kamei Arena Sendai. O time verde e amarelo e as sérvias formam ao lado da Tailândia e do Japão, o grupo D da competição. O SporTV 2 transmitirá ao vivo.

No Grand Prix, de sete a 23 de julho, as 12 principais seleções disputarão a fase de classificação. A cada semana serão formados três grupos com quatro seleções em cada, definidas em sorteio. Ao fim da fase classificatória, as cinco equipes mais bem classificadas avançarão à Fase Final, que contará ainda com a China, país sede. A Fase Final acontecerá de dois a seis de agosto, em Nanjing, na China.

No primeiro fim de semana da competição, o Brasil venceu a Bélgica e a Turquia, respectivamente, por 3 sets a 0 e 3 sets a 2 e foi superado pela Sérvia por 3 sets a 0. Na classificação geral, o time verde e amarelo aparece na quinta colocação, com cinco pontos. A Sérvia lidera, com nove, seguida pelos Estados Unidos, com oito, pela Holanda, com sete e pela República Dominicana, com seis.

O treinador José Roberto Guimarães falou sobre o momento das brasileiras na competição e ressaltou a oportunidade de duelar novamente contra a Sérvia.

“A Sérvia é um dos melhores times da atualidade. Fizemos um jogo ruim contra elas na primeira semana onde ainda conseguimos quebrar algumas vezes o passe delas, mas nossa relação entre bloqueio e defesa deixou a desejar. Precisamos melhorar isso para o jogo de sexta-feira. A Sérvia tem um dos melhores ataques do mundo com as bolas altas e um bloqueio pesado. Temos que tentar evoluir tanto o nosso sistema defensivo como os contra-ataques”, explicou José Roberto Guimarães, que também chamou a atenção para o fato do Brasil enfrentar escolas diferentes nessa semana.

“Vamos jogar primeiro contra uma equipe europeia que tem seus pontos fortes, o bloqueio e a bola alta tanto no ataque como contra-ataque. Logo em seguida enfrentaremos dois adversários asiáticos que imprimem muita velocidade. Essa adequação para virar a chave rapidamente é determinante. Enfrentar essas escolas diferentes é muito importante para o aprendizado de todo o nosso time”, explicou José Roberto Guimarães.

A levantadora Roberta fez uma análise dos desafios do Brasil nesta segunda semana do Grand Prix, em Sendai, no Japão.

“Estamos nos preparando bastante para enfrentar a Sérvia. Sabemos que jogamos abaixo na primeira semana contra elas. Estudamos muito esses três primeiros jogos para entendermos o que precisamos melhorar. Logo depois, vamos ter dois jogos contra equipes asiáticas que têm estilos diferentes. A Sérvia tem um time que ataca com bolas altas e vamos precisar muito do nosso bloqueio, da defesa, além de um bom saque para quebrar o passe delas. Já as equipes asiáticas são jogos muito rápidos com muitas combinações e vamos precisar nos adequar rapidamente. Estamos focadas e queremos sair com três vitórias dessa etapa”, disse Roberta.

Nesta quarta-feira (12.07), a seleção feminina realizou dois períodos de treinamento. Na parte da manha, trabalho na musculação seguido de treino com bola. À tarde foi a vez do primeiro treino na arena de jogo, a Kamei Arena Sendai.

Grand Prix

1ª semana – Ancara (Turquia)

07.07 – Brasil 3 x 0 Bélgica (25/22, 25/23 e 25/18)
08.07 – Brasil 0 x 3 Sérvia (19/25, 20/25 e 19/25)
09.07 – Brasil 3 x 2 Turquia (24/26, 25/17, 25/18, 22/25 e 15/13)

2ª semana – Sendai (Japão)

14.07 – Brasil x Sérvia, às 3h40 (horário de Brasília)
15.07 – Brasil x Tailândia, às 5h10 (horário de Brasília)
16.07 – Brasil x Japão, às 1h15 (horário de Brasília)

Já conferiu as promoções de camisas de vôlei na FutFanatics? Corre lá




Subscribe
Auto Notificar:
guest
30 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Nikola

ZRG monstro, acabou com a toda poderosa Servia na Tática. Mihaijlovic marcadíssima, show de bloqueio de Bia a Ade.

Natalia jogou muito, assim como Tandara. Zé apostando e dando força pra Drussyla, que foi melhor q nos jogos anteriores,

mas é mto ruim de recepção, quase compromete o time que se virou no bolao alto e lento. Apostou tb em Gabiru q foi bem

no passe e defesa. O q treinamento de recepção Ñ faz, todas melhoraram muito no passe.

Amanda ganhou o 1o. set no saque, a tática saque, bloqueio defesa definiu o jogo. 3 x 0 Brasil!

Nikola

Roberta e Naiane, por incrivel que pareça, muito confiantes e jogando acelerado c/ poucos erros, foram muito bem. Roberta na tática faz a diferença, sacou muito e ajudou no block/defesa. Naiane irreconhecível, fez ótimos levantamentos. ISTO É TRABALHO DO TÉCNICO corrigindo os erros das 2, q eram horríveis no início dos jogos. Monique entrou bem, mas no bolao alto lento ela nao vira, esse papel cabe a Tandara e Natalia. mas na tática ajuda na recepção, defesa, e virou bolas explorando, q é sua especialidade. ZRG calando a boca d muitos, com um time B, tirou o melhor de cada… Ler mais »

Miguel

Eu não posso perder esse vexame que o Brasil vai passar. Vai ser lindo. Vou até no mercado agora comprar pipoca. rs

bibi

Chupa otario eh o mesmo viado acina kkkkkkkk

Fred

Aiai. Vai ser outro 3×0. A sérvia tem o saque muito pesado. Se o Brasil por algum milagre for bem na receção e no saque, talvez faça um jogo mais equilibrado.

bibi

Chupa otario brasil 3×0 servia

Alysson

Acredito que o time possa de apresentar melhor.

O que ferra é o horário.

TITANIC 100 ANOS

INSISTIR NA ROBERTA é um erro atrás do outro. Essa história de insistir em levantadora alta pra não dar prejuízo no bloqueio é uma farsa. No masculino vimos claramente william ser multicampeão por onde passa, o levantador Frances CALOU o Brasil diante de sua torcida. É um levantador baixo mas é fera, crque de bola eleito o melhor levantador. ENTÃO ESSA HISTORIA DE INSISTIR com a Roberta não cola nem aqui nem na china. é uma levantadora fraca, imprecisa, nervosa, lenta, não sabe levantar pra ponta e só funciona mesmo diante dos chiliques do bernardo.

Carlos

Basta lembrar da baixinha Fofão, a melhor levantadora brasileira de todos os tempos.

D.C.JONES

não só do Brasil , do mundo.

Emily

A Roberta ate agora nao achou a altua certa pra Natalia e cola na rede tambem

Nikola

Acho que sei porque o Ze Roberto está insistindo na Roberta:

o sonho de consumo do ZRG sempre foi ter uma levantadora alta, que não desse prejuizo no bloqueio.

Basta lembrar de todas as oportunidades que ele deu a Ana Tiemi, de 1,89m, mais alta que a maioria das atacantes,

e que já bloqueu entre outras Kosheleva no auge da forma, na Yeltsin Cup em 2011

Porém a Tiemi não virou realidade infelizmente.

Nikola

A Roberta, é alta, mede 1,85m e realmente melhorou, mas ainda peca na imprecisão várias vezes.

O mais estranho é ela errar com Carol, não dá pra entender o porquê, já que ambas jogam juntas há anos.

Vamos ver se ela evolui, lembrando que ela é titular há pouco tempo, substituindo a Thompson.

Seria muito bom ter mais uma levantadora alta que bloqueia bem, assim como Dani e Fabiola.

Só que Fabiola e Dani Lins estão bem naa frente da Roberta, tanto em maturidade quanto em precisão

D.C.JONES

As 3 maiores levantadoras do mundo na recente historia na minha opinão foram VENTURINI, FOFÃO E TAKESHITA.
Levantador não precisa ser alto, tem que ser bom. tem que ter visão de jogo e ser preciso, só isso.. Eu pouco me importo se altura é 1,80 ou 2 m.

Dani

Roberta fez 5 pontos de bloqueio contra a Turquia, achavam que era melhor atacar em cima da levantadora e se ferraram. Bloqueou mais que Bia e Adenizia. E a Roberta fez 9 pontos no jogo, o mesmo que Adenizia. Nao digo com isso que ela é boa levantadora, mas se destaque em outros fundamentos, como bloqueio, saque e defesa. O problema é que ela erra muito levantamento.

Nikola

A verdade é que nem Roberta nem Macris serão as levantadoras do Mundial e Toquio 2020.

As levantadoras serão Dani Lins e Fabiola, nenhuma no Brasil tem a experiência, precisão e bons fundamentos de ambas.

Dani Lins fez uma Olimpíada maravilhosa, tem mão boa, liderança, maturidade, saca, defende e bloqueia bem. Fabiola idem.

Acerdito que o Ze Roberto esteja olhando mais pra frente e antecipando, afim de evitar a indefinição entre Dani, Fabiola e Tiemi

que ocorreu no início do ciclo passado, Roberta ou Macris só serao levantadoras

dos campeonatos citados se ocorrer algum problema com Dani / Fabiola.

Nikola

Levantadora tem de levantar bem, isto é obvio. Mas é claro que se esta além de ter precisão e jogar acelerado, visao periférica for alta, souber bloquear bem é uma vantagem muito grande. Como a pupila de Ze Roberto no Fenerbahçe, a Naz Aydemir, que começou com ele bem novinha. É excelente levantadora, precisa, veloz e ALTA, tem 1,86m. É a melhor bloqueadora entre as levantadoras e até que muitas centrais. Christenson 1,98m e Gianelli 2m, tb sao excelentes na precisao e velocidade e bloqueiam melhor que muitos centrais pq são altos. Fernanda Venturini é outra excelente não só no… Ler mais »

TITANIC 100 ANOS

não entra na minha cabeça como a Roberta pode ganhar uma titularidade da macris…..já vi que a praga do masculino migrou pro feminino. William e rapha Multicampeões e ditos jogadores baixos perderem a titularidade pro jaqueiro bruno que afundou o sesi e afundou a seleção brasileira. vamos torcer ao menos pro Pacheco ser o técnico da seleção brasileira, só assim o Bruno é escalado no seu devido lugar: o banco de reservas

Milt

Marcelo Mendez

TITANIC 100 ANOS

Macris, Edinara estão relacionadas? Essa Roberta não me passa confiança nenhuma zero zero zero….Bia, Mara, Adenísia e Milka como centrais e só. Carol não dá de jeito nenhum. Chega a ser cômico a Monique diante de bloqueios altos como o das sévias. E diante das Russas? não quero nem pensar.

Henrique Lares

Temos que sacar o tempo inteiro na Mihailovic, nada de sacar na líbero.
Roberta tem que melhorar esses levantamentos principalmente na entrada de rede, as ponteiras estão sofrendo muito pra atacar.
Adenízia tem que ser titular, Carol pegou a mesma praga que rogaram na Léia, como caiu de produção, impressionante.
Além disso, temos que ser inteligentes pra atacar contra bloqueios altos, descer o braço toda hora vai voltar no pé a maioria.
Queria que a Mara tivesse uma chance de verdade, é uma jogadora raçuda e precisa ser testada em jogo de alto nível.

Milt

Nadade sacarna libero eh otimo kkkkkk

WOODY

Alguém sabe quais as inscritas para este fds?

FIRMINO

SE A ADENÍZIA NÃO FOR TITULAR NO LUGAR DA CAROL, O BRASIL VAI PERDER… SERÁ Q DEPOIS DA PRIMEIRA RODADA DEU PRO ZÉ TEIMOSO PERCEBER QUE ADENÍZIA NÃO É BANCO PRA CAROL? CAROL NÃO TEM ESTATURA PRA JOGOS CONTRA SELEÇÕES ALTAS, ENQUANTO A ADENÍZIA É UMA EXÍMIA BLOQUEADORA. AS CENTRAIS TITULARES TEM Q SER BIA E ADENÍZIA E NÃO SE DISCUTE MAIS ISSO. ACORDA ZÉ!!!

bibi

Ele esta testando ate onde a ananzinha Carol vai.

Silvia

Pessoal vamos torcer neste GranPrix pelas dominicanas. Elas tem reais chances de chegarem as finais. A disputa estar acirrada entre as 5 postulantes as finais. Esse momento é satisfatório para as caribenhas tentarem um pódio. Elas tem Vargas;Brenda; Bethania e a Braylen Martinez tem condições de levar a seleção adiante.

Miguel

Sim, eu virei dominicano agora. Ah, vai mascar pasto, vai.

ALINE

Pirou maluca? torcer por um time dirigido pelo bundão do KKwiek não dá né? de jeito nenhum!!!

D.C.JONES

Ele devia colocar Mara e Adenizia. Apesar de Bia estar sendo a melhor central até o momento, queria ver a Mara junto com a Adenizia. Uma formação diferente. O bloqueio da Mara é pesado pode ser mais eficaz contra a Sérvia

Jess

Tb queria que a Mara fosse titular, mas parece que foi a passeio..

E bem que a Natália poderia ter um descanso (ir pro banco JÁ), tá nítido que ela não está bem..

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x