Search
Monday 17 February 2020
  • :
  • :

Em um jogo cheio de emoções, Praia Clube é superado pelo Sesc RJ no tie-break

Foto: Divulgação/Sesc RJ

Por Júnior Barbosa

Encerrando a décima rodada da Superliga 2017/2018, O Dentil/Praia Clube recebeu o Sesc RJ, em um duelo que valia a liderança da fase classificatória, na noite desta terça-feira (27). Com as arquibancadas lotadas e muita emoção, as mineiras viram as cariocas abrirem 2 a 0, mas tiveram garra e empataram o confronto. Mais consistentes no set decisivo, o time do técnico Bernardinho venceu e tirou a invencibilidade do Praia. As parciais foram de 24/26, 18/25, 25/17, 25/16 e 15/6. A levantadora Roberta foi escolhida pelo público para receber o troféu VivaVôlei

As duas equipes entraram em quadra desfalcadas. Fernanda Garay, ainda se recuperando de uma lesão, ficou no banco. Já a capitã Walewska ficou também por questões físicas e sequer foi relacionada e foi substituída por Natasha. Já no Sesc RJ, Peña jogou de oposto no lugar de Monique Pavão, que ficou no Rio de Janeiro para se recuperar de uma lesão.

Com um ponto conquistado com a derrota, o Praia Clube chegou aos 58 pontos e garantiu matematicamente o primeiro lugar da competição. O Sesc RJ chegou aos 54 pontos.

O jogo

Depois de um início muito nervoso, o Praia Clube abriu uma leve vantagem. Em uma sequência de saques da levantadora Roberta, o Sesc RJ virou a partida (9 a 12). Logo na sequência, as cariocas passaram a errar e o jogo empatou. Depois de abrir novamente forçando o saque, o Praia se encontrou com bloqueios (19 a 19), obrigando o técnico Bernardinho a parar a partida. Com um ace de Fawcett, as mineiras viraram (21 a 20). Os times voltaram a trocar pontos e erros. O Praia chegou a ter o set point, mas o Sesc RJ virou com grandes bolas de Gabi e um bloqueio de Peña em Ellen (24 a 26).

A segunda parcial começou com um bloqueio de Fabiana em Peña. Logo, o Rio voltou a abrir (2 a 5), com muita inconstância na recepção. O técnico Paulo Coco arriscou com Carla no lugar de Amanda, mas não adiantou (5 a 9). Outro pedido aconteceu quando o placar aponto 7 a 14. Rapidamente, o set chegou ao fim em 18 a 25, mesmo com Garay entrando na partida no sacrifício.

Carla começou como titular e o Praia foi para o tudo ou nada no terceiro set e a primeira vantagem simples veio com dois pontos de bloqueio de Natasha (4 a 2). Apesar do equilíbrio, as mineiras conseguiram administrar a vantagem (12 a 8), mas o Praia desperdiçava chances com erros seguidos. Com um belo ponto de Carla e um ataque para fora de Juciely, as mineiras fizeram 17 a 13 e Bernardinho parou o jogo. Amanda, que vinha abaixo das expectativas no jogo, entrou no jogo com 2 pontos seguidos (22 a 15) e a torcida comemorou 0 25 a 17 (2 a 1)

O quarto set também começou com equilíbrio e Fabiana fez 4 a 3 para incendiar a torcida. Depois que Gabi pisou na linha dos 3, o Praia abriu mais 8 a 4 e o Sesc RJ parou o jogo. A torcida seguiu vibrando muito com o crescimento da equipe. Sabendo na necessidade de levar o jogo para o set decisivo, o Praia buscou abrir vantagem (15 a 10). A margem seguiu também pelas mãos de Fawcett, muito efetiva no ataque (20 a 14). Logo, foi questão de minutos para a partida ficar empatada (25 a 16).

No set decisivo, o Praia pediu tempo depois que Fawcett atacou duas bolas para fora (1 a 4). As cariocas, determinadas, abriram mais (2 a 8). Com a norte americana muito marcada, as cariocas fecharam o jogo em 6 a 15.

 

 




18
Deixe um comentário

avatar
13 Comment threads
5 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
12 Comment authors
TallesEh PraiaRonaldoHahahaSuperliga super equilibrada Recent comment authors
  Subscribe  
o mais novo mais velho mais votado
Auto Notificar:
Eh Praia
Visitante
Eh Praia

Mentira q monique ficou no rio pq do fight do sulamericano cm o bernardo

Wal e garay sao fundamentais nesse time, e Natasha é extremamente limitada, Élen ñ tem pegada pra ESSE jogo

Agora é impressionante ver o qto q roberta evoluiu na mao do bernardo, se comparar ela hj cm 2 anos atrás eh irreconhecível

Hahaha
Visitante
Hahaha

A cara de quem sabe que será preterida pelas rainhas Fabíola e Pani Lins. kkkkkkk

Hahaha
Visitante
Hahaha

A chance do Morre na Praia é que o Osasco seja eliminado pelo time de Pirâmide e as anãs xexelentas pelo Bauru de Tiff e PP4 recuperada. Acho que só assim o FlopPraia não voltará a morrer na Praia.

Ronaldo
Visitante
Ronaldo

(Osasco seja eliminado pelo time de Pirâmide e as anãs xexelentas pelo Bauru de Tiff) aproveita enquanto sonhar ainda é de graça.

Brazukah
Visitante
Brazukah

Praia sentiu a falta da Garay e da Wal, e com isso fez o Praia se afogar em mares carioca.
Isso seria realidade do Praia pipocar em jogos decisivos ou foi um susto,lembro desse filme alguns anos atrás.

Fernando
Visitante
Fernando

Tb concordo. A presença de Garay e Wal seria decisiva na vitória do Praia sobre o Sesc. Gosto da Monique.Ela supera sua baixa estatura com técnica e talento, mas Peña adaptada de Oposta é uma excelente pedida, tendo a obrigação apenas de atacar.Já havia pensado a respeito, mas n imaginava q o Bernardo se permitisse. Quem sabe ele mantém essa nova formação?

Zhuttinha
Visitante
Zhuttinha

Roberta foi perfeita…Rainha…

boskovic
Visitante
boskovic

Voloch, têm razão, Praia treme contra Rio e Osasco, aliás, o que seria desta superliga sem estas duas grandes equipes, Praia sem Garay e Wal torna- se presa fácil,, Carla foi melhor do que Elen e Amanda juntas, equilibrou bem o passe e virou bastante bola, Rio e Osasco vão mostrar o que é o peso de uma camisa, aguardem.

Talles
Visitante
Talles

Meu caro, que diferença fez essa derrota do Praia ontem????

No final das contas o Praia saiu mais feliz do que o proprio Rio. Praia garantido em primeiro! E quase ganham de virada sem Garay e Wal ao menos pisarem em quadra! e Carla cravando bola!

Titanic 100 anos
Visitante
Titanic 100 anos

…essa história da Monique não me desceu…..e vcs o q acham????

Brazukah
Visitante
Brazukah

Confesso que também não fiquei convencia com esse história

Titanic 100 anos
Visitante
Titanic 100 anos

….dá nojo a baboseira dos comentaristas torcendo descaradamente pro rio e dizendo: Roberta a melhor levantadora drussyla sensacional, até quem entrava pra sacar era melhor do que a melhor atacante do Praia. Enquanto nesse jogo, mesmo com a derrota Fawcet foi a melhor do jogo. Marco Freitas triste no terceiro set foi a sensação do jogo.

Titanic 100 anos
Visitante
Titanic 100 anos

Essas cariocas nao podem jogar com times mineiros q todas dão xilique. Drussyla contra o Minas, Monique também contra o Minas, e agora a Jucy contra o Praia. Resumindo: as cariocas que tanto colocam a pressão pro outro lado da quadra agora não sabem lidar diante do próprio veneno.

Luis
Visitante
Luis

Gabi não pisou na linha de 3 metros, foi claramente mostrado. Site deveria dar informações corretas.

Titanic 100 anos
Visitante
Titanic 100 anos

Uma derrota com sabor de Vitória.. Praia guerreiro reservas de luxo..Fawcet sensacional. Com certeza se a wal e a garay estivessem 100% o jogo seria 3×1 pro Praia. Mas….dever cumprido….Rio e Bauru será um jogaço de quartas de final…q Tifany destrua as cariocas….agora me pergunto; com o praia em primeiro lugar garantido, será se a TV vai exigir a grande final no rio de janeiro? Até pq mesmo co as finais em 2 jogos o segundo jogo tem q ser em Belo Horizonte

Carlos
Visitante
Carlos

Ellen entrou com uniforme errado nesse jogo. Ela devia ter vindo com a camisa do Rio.

O Praia precisa de Fernanda Garay e Nicole Fawcett.

Praia e Volei Nestle, é bom abrir o olho. O rio está querendo mais um titulo.

Zhuttinha
Visitante
Zhuttinha

Fabiana e Natasha nao foram bem hoje,, e a Wal faz falta

Superliga super equilibrada
Visitante
Superliga super equilibrada

Walewska e Garay são essenciais para o Praia, ponto de desequilíbrio . E Yoankara Pena é muito melhor como oposta do que Toconique, abre o olho Bernardo.

Translate »