Search
Friday 29 May 2020
  • :
  • :

Emocionado, Wallace relembra lesão e faz dedicatória do prêmio de melhor atacante

Crédito: Divulgação/CBV

Crédito: Divulgação/CBV

 

O Sada Cruzeiro brilhou em 2015/16 e conquistou absolutamente todos os títulos que disputou. E depois de levantar o sexto troféu da temporada em Brasília, neste domingo, 10, ao vencer o Vôlei Brasil Kirin por 3 a 1, o elenco cruzeirense ainda comemorou o domínio das premiações individuais. Entre os melhores da Superliga, estiveram cinco atletas da Raposa. William foi o melhor levantador pelo sexto ano seguido, Serginho foi melhor defesa, Leal o melhor jogador da final e Filipe teve a melhor recepção. O oposto Wallace ficou com o troféu de melhor atacante pelo segundo ano consecutivo.

 

E a grande atuação na artilharia azul durante o Brasileiro também rendeu para o camisa 8 uma marca histórica: com 3.778 pontos marcados, Wallace é o maior pontuador de todas as edições da Superliga.

 

“Depois da minha lesão, houve um momento em que eu cheguei a achar que não poderia jogar em alto nível de novo. Mas as semanas foram passando, fomos treinando e eu fui recuperando a forma e a confiança. Isso tudo graças aos profissionais do Sada Cruzeiro, então tenho que agradecer a eles. Eu falo que o prêmio individual não depende só de mim, eu dependo do William, do Filipe, do Serginho… Então tem a parte deles aqui também. Mas esse prêmio demonstra que realmente eu voltei a jogar bem. Eu não fiz um bom turno, mas cresci no returno e acho que joguei muito bem nos playoffs, podendo aumentar meu percentual de ataque. E se eu alcanço uma boa eficiência, eu ajudo o time, que é o mais importante. E, mais uma vez, deu certo, chegamos ao tetra”, disse o oposto, que neste ano ultrapassou Lorena, Ezinho e o cruzeirense Filipe no ranking dos artilheiros.




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »