Search
Saturday 24 October 2020
  • :
  • :

EMS Taubaté Funvic em busca do golden set diante do Vôlei Renata

Equipe perdeu no primeiro confronto da final. (Foto: Renato Antunes/Maxx Sports)

EMS Taubaté Funvic e Vôlei Renata entram em quadra na noite desta sexta-feira (16), às 21h30 pelo segundo e decisivo jogo da Final do Campeonato Paulista Masculino de Vôlei. O confronto será no ginásio do Abaeté, em Taubaté, e terá transmissão ao vivo do canal por assinatura SporTV 2.

Por conta da pandemia de COVID-19, os jogos de voleibol seguem sendo realizados com portões fechados, sem a presença de público. Na última partida, a promessa é de mais um jogo difícil, em que o time da casa tem a obrigação de vencer e forçar a disputa do “Golden Set” para ficar com seu sétimo título estadual consecutivo.

Atual hexacampeão paulista (2014 a 2019), o EMS Taubaté Funvic foi derrotado no primeiro jogo, disputado na terça-feira (13), em Campinas, quando o Vôlei Renata levou a melhor por 3 a 2.

Pelo regulamento do Campeonato Paulista, para reverter a desvantagem e conquistar seu sétimo título, o Taubaté terá de vencer o jogo por qualquer placar e levar a definição para o “Golden Set”. Este set desempate é disputado logo na sequência do jogo regulamentar e segue os moldes dos sets tradicionais, indo até 25 pontos.

Na edição 2019 do Campeonato Paulista, a final também foi disputada entre Taubaté e Campinas. No entanto, naquela ocasião o primeiro jogo foi em Taubaté, com vitória do visitante, e o segundo no ginásio do Taquaral, com vitória dos taubetanos na partida regulamentar e no golden set, garantindo o título.

Para o ponteiro João Rafael, um dos destaques da primeira final, o momento é de tranquilidade, foco e confiança para reverter a situação. “Já nos falaram que não é a primeira vez que o Taubaté terá de levar para o Golden Set a decisão do Paulista, então não tem segredo. Acho que nós fizemos um bom jogo na terça-feira, mas erramos demais em alguns fundamentos em que não vínhamos falhando tanto, como no saque por exemplo. Temos consciência do que precisamos corrigir e apesar de saber que será mais um jogo equilibrado por ser uma final, temos totais condições de fazer valer o nosso mando de quadra, confirmar a vitória e buscar esse título.”, avaliou o ponteiro.

Quem também prevê um jogo difícil é o levantador Bruno Rezende, que terá a chance de conquistar seu primeiro título em seu novo clube. Já 100% recuperado após ter testado positivo para COVID-19, o atleta falou da expectativa para a final desta sexta-feira:

“Estou muito feliz de ter retornado após praticamente duas semanas e meia fora, e a expectativa é de um jogo novamente muito disputado, como nós vimos na primeira final. O Vôlei Renata veio muito agressivo no saque e com muito volume de jogo. Nós já esperávamos por isso, e não foi diferente. Nesta sexta o equilíbrio vai ser a tônica, e nós teremos de estar muito concentrados do início ao fim, para minimizar os erros, sermos agressivos do início ao fim e evitar os altos e baixos que tivemos na primeira partida.”, comentou Bruno.

História: Caso consiga chegar ao seu sétimo título de Campeonato Paulista, o EMS Taubaté Funvic escreverá mais um capítulo importante na história da competição. Hoje, o time taubateano é o 4º maior vencedor do estadual, com 6 títulos, o mesmo número de troféus do tradicional EC Banespa. Se faturar o título de 2020, o Taubaté passa a ser o terceiro maior campeão, empatando com o segundo maior vencedor do estadual, o ADC Pirelli, de Santo André, que tem 7 títulos. O clube com mais títulos Paulistas é o EC União Suzano, com 10 conquistas.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x