Search
Saturday 31 October 2020
  • :
  • :

Estreia do Vôlei Nestlé na Superliga tem retorno de Thaisa e vitória sobre Rio do Sul

Crédito: João Pires/Fotojump

Crédito: João Pires/Fotojump

O torcedor do Vôlei Nestlé que foi ao Ginásio José Liberatti, em Osasco, na noite desta terça-feira, não se decepcionou. A estreia das atuais vice-campeãs na Superliga feminina de Vôlei teve vitória por 3 sets a 1 sobre o Rio do Sul/Equibrasil (25-16, 22-25, 25-15, 25-21), boa atuação da principal contratação do clube para a temporada e volta da central Thaisa às quadras, quase cinco meses depois da cirurgia que fez nos joelhos.

 

“Estava apreensiva e ansiosa. Parecia até meu primeiro jogo, quando tinha 16 anos e estreei na Superliga. Normalmente as meninas pedem minha ajuda, mas hoje fui eu que pedi. Ainda não estou nem 50% do que sou, principalmente, no ritmo, velocidade e alcance de ataque, mas só de ajudar já foi legal”, disse a meio de rede. “Há uns quatro meses tive que reaprender a andar e hoje entrei em quadra na superação e fui razoavelmente bem”, avaliou a jogadora, que marcou nove pontos no jogo.

 

O time de Osasco começou a partida com Dani Lins, Lise Van Hecke, Thaisa, Saraelen, Gabi, Suelle e Camila Brait, com Diana, Ivna e Marjorie sendo acionadas no decorrer da partida. O time do Rio do Sul escalou Luciana, Duda, Ju Nogueira, Isa, Mimi Sosa, Fran e TatiGiovana, Helô e Paracatu também atuaram pela equipe catarinense.

 

Gabi foi a maior pontuadora do jogo, com 19 anotações, seguida pela oposta belga Lise Van Hecke, com 16. Ju Nogueira, com 13 pontos, e a central argentina Mimi Sosa, com 11, foram as maiores anotadoras do time visitante. O troféu VivaVôlei foi para a levantadora Dani Lins.

 

Mesmo com a derrota, o técnico Spencer Lee ressaltou que o Rio do Sul/Equibrasil teve “coragem e ambição, mesmo diante de um adversário mais forte”.

 

“Nós vamos adquirir nossa melhor forma ao longo dos jogos e este primeiro desafio nos deixou satisfeitos. Não pela derrota em si, mas pela postura dentro de quadra”, completou o treinador.

 

O próximo compromisso do Vôlei Nestlé pela Superliga é contra o Concilig/Vôlei Bauru, fora de casa, às 19h30. Já o Rio do Sul/Equibrasil, às 20h. recebe o Camponesa/Minas. As duas partidas serão disputadas nesta sexta-feira, 13/11.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
5 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Will Lopes

Apostas para apos Rio 2016
Levantadoras: Naiani (Minas), Juma (Pinheiros), Roberta (RJ) e Macris (Brasília)

Opostas : Rosamaria (Minas), Paula (Pinheiros) e Lorenne (RJ)

Centrais : Mara (Minas), Saraelen (Osasco) Carol (RJ), Roberta (Brasília), e em níveis mais baixo Bia (Sesi), Marjori (Osasco)

Ponteiras : Gabi (Rio), Suelle (Osasco), Mari Paraíba e Tandara (Minas), Ellen (Sesi),

Líbero: Léia (Minas), Brait (Osasco)
Técnico : Paulo Coco, Wagão e Airton
O que vocês acham opinem na renovação da seleção apos Rio 2016, embora Dani, Ade, Thaisa, ainda devem ficar.

LUCAS

Espero que Lise Van Hecke se adapte bem e seja definidora, pois, todos sabemos que no meio da superliga a IVNA irá se perder e desaparecer, só balão.

Will Lopes

Lise vai ser titular, espero que Suelle e carcaces sejam as ponteiras. Thaísa voltando aos poucos.

Titanic 100 anos

É BOM MESM O LUIZOMAR DAR RITMO A LISE VAN HECKE POIS BREVEMENTE DIANTE DOS TIMES GRANDES A IVNA VAI VOLTAR A SOLTAR AQUELES VELHOS BALÕES DE SEMPRE.

Titanic 100 anos

IVNA VOLTANDO AO LUGAR DE SEMPRE, O SEJA, O BANCO DE RESERVAS. A BELGA TA SE SOLTANDO AOS POUCOS E TORÇO POR ELA

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x