Search
Thursday 22 October 2020
  • :
  • :

EUA vence Brasil em três sets e se sagra campeão antecipado do Grand Prix

Crédito: Divulgação/FIVB

Crédito: Divulgação/FIVB

 

A seleção brasileira feminina de vôlei segue com chance de medalha na edição 2015 do Grand Prix. Neste sábado (25/07), o Brasil foi superado pelos Estados Unidos por 3 sets a 0 (25/16, 25/22 e 25/21), em 1h29 de jogo, no CenturyLink Center, em Omaha, nos Estados Unidos. Com o resultado, as norte-americanas ficaram com o título da competição pela sexta vez. O time verde e amarelo continua como o maior vencedor, com 10 conquistas.

 

O Brasil lutará por um lugar no pódio neste domingo (26.07). As brasileiras encerrarão sua participação no Grand Prix às 17h10 (Horário de Brasília) contra a Itália. O SporTV transmitirá ao vivo.

 

Com o título já garantido pelos Estados Unidos, Brasil, China, Rússia e Itália brigam por um lugar no pódio da competição. Os EUA lideram, com 12 pontos, a China aparece em segundo, com sete, a Rússia em terceiro, com seis, e o Brasil está em quarto, com seis, mas com um saldo de sets pior do que as russas.

 

A oposto Monique foi a maior pontuadora entre as brasileiras contra os Estados Unidos, com 12 acertos. Pelo lado das donas da casa, a central Harmotto foi quem mais marcou no confronto, com 14 acertos.

 

A central Juciely, que marcou sete pontos na partida, lamentou a derrota para os Estados Unidos, mas garantiu que o Brasil segue focado na busca por uma medalha. “Não conseguimos o nosso melhor desempenho no jogo. Temos que parabenizar os Estados Unidos pela boa partida que elas fizeram. No entanto, vamos seguir lutando neste Grand Prix. Temos uma partida importante neste domingo contra a Itália e vamos buscar essa medalha”, disse Juciely.

 

O treinador Paulo Coco comentou sobre a partida contra os Estados Unidos e falou da importância do jogo deste domingo contra a Itália. “Os Estados Unidos nos pressionaram desde o início. Tivemos chances no segundo e terceiro sets, mas não conseguimos concretizar isso em pontos. As norte-americanas hoje estão em um nível acima do nosso e mereceram a vitória com todos os méritos”, afirmou Paulo Coco, que ainda falou sobre o próximo adversário do time verde e amarelo.

 

“A partida de amanhã contra a Itália vale um pódio e vamos lutar até o final pela melhor classificação possível”, garantiu Paulo Coco.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
3 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
reih santos

O brasil precisa urgente de uma oposta que pontue, e pelo que eu vi no pan ñ será a Rosa Maria nem a Joycinha… jogadoras altas que ñ conseguem passar pelo bloqueio.
Acho que o Zé Roberto perdeu aportunidade de ter testado a levantadora Naiane do minas pois, a Macris me surpreendeu com tanta insegurança no pan inteiro e Ana Tiemi foi a Ana Tiemi de sempre, entrou na final levantou tres bolas, duas erradas…

Breno

Concordo com o comentário acima, Sheila e Tandara são as únicas opostas do Brasil com nível p seleção. Naiane merece ser testada. Tieme e Macris também são muito fracas.

Ray Lima

Concordo plenamente. Já na convocação achei estranho a excelente Naiane ser preterida por Juma, por exemplo. Jogadora veloz e ousada, com certeza seria a melhor Opção. Com relação às opostas, realmente as convocadas deixam muito a desejar. Outro fato que me causou estranheza foi a convocação de Bárbara, que sequer atuou como central na última SL. As centrais que participaram do Pan, à exceção de Adenízia, foram muito fracas e poderiam ter dado lugar a jogadoras em melhor condição.

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x