Search
Thursday 29 October 2020
  • :
  • :

Experientes, Juciely e Thaisa são peças importantes nos times finalistas

Crédito: Divulgação/CBV

Crédito: Divulgação/CBV

 

Elas podem ser consideradas pilares para as equipes finalistas da Superliga Feminina de Vôlei 14/15. Juciely, do Rexona-Ades (RJ), e Thaisa, do Molico/Nestlé (SP), são jogadoras decisivas neste tradicional clássico do voleibol brasileiro que irá se apresentar, mais uma vez, no dia 26 de abril, na grande decisão da temporada 14/15, que acontecerá na Arena da Barra, no Rio de Janeiro (RJ).

 

Há quatro temporadas no time carioca, Juciely, de 34 anos, é conhecida por sua regularidade. Sempre eficiente e peça chave na equipe de Bernardinho, a central demonstra tranquilidade até mesmo quando o assunto é a disputa da emocionante final em um local novo.

 

“Nunca jogamos na Arena e isso vai ser uma novidade para esta decisão. Só estive lá uma vez, para assistir uma partida de basquete, e é um ginásio enorme. Mas, temos que nos esforçar ao máximo para pegar os parâmetros e nos adaptar ao novo ambiente. Temos treinos suficientes e isso não vai ser um problema”, afirmou Juciely.

 

Dona de quatro títulos de Superliga, sendo um pelo Minas (MG) e três já pelo Rexona-Ades, a central tem carinho especial por um deles em sua memória.

 

“A final da Superliga 12/13, no Ibirapuera, justamente contra o time de Osasco, foi muito especial. Estávamos perdendo de 2 sets a 0 e conseguimos virar o jogo e conquistar o título na casa do adversário. Sem dúvida, foi o mais marcante”, destacou Juciley, que fez questão de elogiar a adversária que verá bem de perto do outro lado da rede.

 

“A Thaisa é uma grande jogadora, bicampeã olímpica e um pilar muito importante para o time delas. Além de uma peça fundamental como jogadora, é um termômetro da equipe. Tem a função de motivar o grupo a todo momento e, claro, temos que estar muito atentas ao desempenho dela”, destacou Juciely.

 

Do outro lado da rede, Thaisa é pura intensidade. Responsável por ser a maior pontuadora em boa parte dos jogos do Molico/Nestlé, a central ainda tem a função de impulsionar o grupo nos momentos difíceis da partida.

 

“Pela minha trajetória, tenho essa função de ser um termômetro. Sei que não vou ganhar o jogo sozinha e confio muito na minha equipe, mas vou fazer o que for preciso para ajudar o grupo. Busco a cada treino e jogo passar confiança para as meninas. Isso é o mínimo que posso fazer. Sabemos o quanto esse campeonato é importante para as duas equipes. Vamos entrar focadas para buscar esse título”, garantiu Thaísa, de 27 anos, que ainda elogiou as meios de rede da equipe carioca.

 

“Gosto muito das centrais do Rio. A Jucy e a Carol são duas pessoas incríveis, meninas doces, divertidas e fáceis de conviver no dia a dia. Dou muita risada com a Carol na seleção. Além disso, são duas grandes jogadoras e bloqueadoras”, disse Thaísa.

 

A central do Molico/Nestlé tem cinco títulos da Superliga (05/06, 06/07, 07/08, pelo Rexona-Ades, e 09/10 e 11/12, pelo Molico/Nestlé), e considera a última conquista com o grupo de Osasco, um momento especial.

 

“Cada título tem uma história diferente. O último ano que ganhamos, na temporada 2011/12, foi muito marcante porque estava com o ombro ruim e com muita dor. Só fui conseguir jogar sem dor do meio para o final do returno. Foi muito difícil jogar abaixo e sabia que precisava fazer mais. Não desisti, fiz treinos extras para tentar me superar, mas a dor acabava me limitando. Justamente naquele ano fiz uma grande final. Fiquei muito feliz de conseguir ajudar. Aquele título foi muito especial pelas dificuldades que superei. O Luizomar (técnico do Molico/Nestlé) sempre esteve do meu lado, me dando muita força e isso foi muito marcante para mim”, lembrou Thaísa.

 

Thaísa ainda comentou sobre a temporada do Molico/Nestlé e chamou a atenção para o bom momento do grupo de Osasco.

 

“Evoluímos bastante ao longo da temporada. No momento certo, conseguimos errar menos e isso foi muito importante. Estamos treinando forte e estudando bastante o Rexona-Ades. A cada dia nos superamos como equipe”, finalizou Thaísa.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x