Search
Tuesday 11 May 2021
  • :
  • :

Fiat/Minas está na final da Superliga Masculina

Mineiros comemoram. (Foto: William Lucas/Inovafoto/CBV)

O Fiat/Minas está na final da Superliga Masculina Banco do Brasil 2020/21! Um dos maiores vencedores da competição, com quatro títulos, o time minastenista está de volta à final após 12 anos e terá a chance de brigar pelo pentacampeonato. Na noite deste sábado (10/4), a equipe escreveu mais uma página de sua vitoriosa história após vencer o segundo jogo da semifinal contra o Vôlei Um Itapetininga, novamente por 3 a 0 (33/31, 25/22 e 25/21), e encerrar a série melhor de três com duas vitórias. Sem dar chances ao adversário, o time teve mais uma boa atuação, foi consistente e teve tranquilidade para sair dos momentos de dificuldade. O oposto cubano Escobar foi eleito o melhor em quadra e ficou com o Troféu Viva Vôlei.

Com a classificação para a decisão, o Clube ainda terá a chance de tentar repetir o feito histórico da temporada 2001/02, quando foi campeão da Superliga no feminino e no masculino. No último dia 5, o Itambé/Minas conquistou o título da disputa feminina da atual temporada, com duas vitórias sobre o Dentil/Praia Clube na final. Agora, o Fiat/Minas aguarda para saber o seu adversário da final masculina, que sairá do confronto entre EMS Taubaté Funvic e Vôlei Renata. As equipes paulistas se enfrentam ainda na noite deste sábado pelo segundo jogo do confronto. Todos os jogos da fase final da Superliga são no Centro de Desenvolvimento do Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ), com transmissão do Sportv2.

O oposto cubano Escobar, eleito o melhor em quadra, comemorou a classificação e falou sobre o fato do levantador William o ter “poupado” ao longo da partida, já que tem sentido mais cansaço após ter Covid-19. “O William me falou que iria segurar um pouco para o final do set e da partida, porque iria precisar de mim. Então, me preparei psicologicamente para isso, estou muito agradecido. O Fiat/Minas vai forte para final, nos preparamos muito. Para mim, é um sonho desde que cheguei ao clube pela primeira vez, em 2014, estou muito contente mesmo. Parabéns para a equipe do Vôlei Um Itapetininga, que fez um bom jogo e uma temporada muito boa. Estou muito feliz com o resultado”, afirmou.

Um dos principais jogadores do Fiat/Minas, o levantador William parabenizou a equipe e falou sobre a força do grupo. “Parabéns para a equipe, a gente trabalhou muito para chegar nesse momento. O time está de parabéns pelo que produziu durante o ano e principalmente agora nessa semifinal. O Escobar é o matador do time e naturalmente é sobrecarregado, então com tudo que aconteceu com ele nesse ano e ter tido Covid-19, ele se cansa mais rápido. Falei para ele ‘quando você receber uma bola, ataca como se fosse a última do jogo’. E ele rodou as bolas importantes do final do set. A distribuição teve que rodar e conversei com todos do time. Quando você tem uma equipe como a gente tem, com ponteiros como Lazo e Honorato, e centrais como Pinta e Gustavão, o levantador tem que fazer isso e pensar no jogo”.

O jogo
O Vôlei Um Itapetininga começou ligado na partida e abriu 4 a 0. O técnico Nery Tambeiro pediu tempo, mas o time paulista seguiu com bom volume de jogo e efetivo no saque. Aos poucos, o Fiat/Minas entrou no jogo, equilibrou as ações e encostou no marcador. O set foi bem disputado na reta final, e as equipes se alternaram na liderança do placar. A decisão da parcial foi apenas na vantagem mínima e depois de muitas trocas de pontos. No fim, vitória do Fiat/Minas por 33 a 31.

Diferente do início do set anterior, o segundo começou mais equilibrado. Os times disputaram ponto a ponto até os instantes finais. Pelo Fiat/Minas, prevaleceu o bloqueio, e o time marcou cinco pontos no fundamento. Contando também com erros do Vôlei Um Itapetininga e pontos de saque, o Fiat/Minas venceu por 25 a 22 e fez 2 a 0 na partida.

O terceiro set seguiu equilibrado. O Fiat/Minas entrou querendo decidir a partida e buscar a vaga na final, já o Vôlei Um Itapetininga precisava da vitória para seguir vivo no duelo. Na metade da parcial, com pontos de bloqueio de Escobar, o time minastenista abriu vantagem e impôs dificuldades para o adversário. Com tranquilidade e determinação, o Fiat/Minas aproveitou as suas chances de ataque, venceu por 25 a 21 e confirmou a classificação para mais uma decisão.

Ficha técnica

Vôlei Um Itapetininga: Carísio, Renan Buiatti, Adriano, Guiga, Johan, Thales e Rogerinho (líbero). Entraram: Winck, Gui, Raphael e Matheus Alejandro. Técnico: Pedro Uehara.

Fiat/Minas: William, Escobar, Honorato, Lazo, Gustavão, Matheus Pinta e Maique. Entraram: Gustavo Orlando e Arthur Bento. Técnico: Nery Tambeiro.

Árbitros: Silvio Cardozo (RS) e Paulo Beal (SC).

Fotos: Alexandre Loureiro/Inovafoto/CBV.

Superliga Masculina 2020/21 – Semifinais

7/4 – Fiat/Minas (3 x 0) Vôlei UM Itapetininga – Saquarema (RJ) – (25/21, 25/21 e 25/21)
10/4 – Vôlei UM Itapetininga (0 x 3) Fiat/Minas – Saquarema (RJ) – (31/33, 22/25 e 21/25)




Translate »