Search
Thursday 1 October 2020
  • :
  • :

FIVB altera regras para 2013 e recepção de toque agora é falta

Foto: Celio Messias/VIPCOMM

A partir de Janeiro de 2013, as regras do vôlei sofrerão alterações. Quem informou a notícia foi o árbitro português Avelino Azevedo, que esteve no último congresso em Anaheim, nos EUA. Segundo ele informou em suas redes sociais, a regra mudará em dois pontos importantes para o desenvolvimento do jogo: recepção e advertência

No que diz respeito a recepção do saque, o novo texto da regra não permitirá mais a defesa, fazer a chamada “recepção de toque”, considerando a mesma uma falta.
 

9.2 Caracteristicas do toque
 

9.2.4 É falta, durante a recepão do saque, um contato duplo ou um toque usando a ponta dos dedos.

Já referente as advertências, a regra altera a forma como será aplicada as advertências e o cartão amarelo, que passa a princípio de penalização para advertência, o que deixaria, portanto, de conceder ponto ao adversário, porém, o próprio Avelino Azevedo ainda não sabe explicar bem como isso ficará. A partir de 2013, a advertência para reclamações será aplicada em duas etapas: na primeira vez, uma representação verbal do árbitro ao capitão da equipe, e em caso de reincidência, a aplicação do cartão amarelo, exibido para o capitão da equipe.
 

21.1 Más Condutas leves
 

Situação de más condutas leves não estão sujeitas a punições. É dever do primeiro árbitro prevenir os times da hierarquia de sanções.
 

Isso é feito em duas etapas: 
 

Etapa 1: Emitir uma advertência verbal ao capitão da equipe
 

Etapa 2: utilizar um cartão amarelo para um membro da equipe através do capitão. Essa advertência não é uma punição mas uma indicação ao representante da equipe (e estendida ao resto do time) atinge o nível de sanção do jogo. Imediatamente não trás consequências.
 

“Em termos de formação, eu concordo com a alteração (da recepção), porque vai obrigar os mais jovens a melhorar a sua manchete. Já havia países europeus onde a recepção por cima era proibido nos mais jovens. Quanto à segunda, julgo que vem implícita uma alteração à regra dos cartões. É esperar para ver, até porque em Portugal, quem decide quando entra em vigor é naturalmente a Federação Portuguesa, mas o futuro está claro quanto à forma de receber o serviço: praticamente só será possível em manchete.”, comentou o árbitro português Avelino Azevedo.

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x