Search
Monday 1 June 2020
  • :
  • :

FIVB mantém diretrizes que incluem atletas trans no esporte

Tifanny foi eleita a melhor da partida na vitória sobre o Pinheiros, no dia 20/12. (Foto: Divulgação)

Em uma reunião para discutir procedimentos antidoping, medicina esportiva e diretrizes na categoria, a Federação Internacional de Voleibol (FIVB) manteve as diretrizes estabelecidas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) quanto à liberação da presença de atletas transgêneros em competições oficiais da entidade. O encontro aconteceu em Lausanne, na Suíça, nesta quarta-feira (24).

A presidente da Comissão Médica, Annie Peytavin, considerou o encontro um sucesso. “Hoje, fizemos avanços significativos em uma série de questões médicas. De particular interesse foi a questão da participação de atletas trans. Na sequência de uma discussão aprofundada, a comissão está empenhada em estudar esta questão, a fim de garantir que qualquer decisão médica tomada pela seja baseada nos dados e conhecimentos mais recentes nesta área, de modo a garantir um sistema de concorrência justo e equitativo para todos os atletas”

A Comissão reiterou que o objetivo da FIVB é estabelecer um sistema para a participação de atletas em competições da FIVB em eventos de voleibol indoor e de praia que respeitem a escolha individual de cada pessoa, ao mesmo tempo em que assegure a equiparação das condições físicas.

No caso de competições nacionais, como é o da Superliga brasileira, a participação dos atletas transgêneros é exclusivamente da responsabilidade das respectivas federações. Atualmente, a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), segue as atuais diretrizes, o que permitiu a inscrição de Tifanny Abreu, no Vôlei Bauru, para disputar a principal competição do país.

Após a reunião, o secretário-geral da FIVB, Fernando Lima, afirmou que o tema continuará na pauta da instituição. “A FIVB está comprometida com a transparência e a boa governança em todas as áreas e é vital integrar o conhecimento e a experiência de diferentes Comissões da FIVB. A FIVB trabalhará em estreita colaboração com o COI e a ASOIF e faremos o nosso melhor para ser alinhado com essa delicada questão “.

A reunião da Comissão também serviu para revisar os principais pilares do programa antidopagem da FIVB, incluindo testes, exame de violações de regras antidopagem (ADRVs) e isenções de uso terapêutico (TUEs). Os membros também discutiram as iniciativas de comunicação da Federação Internacional destinadas a desenvolver parcerias com organizações nacionais antidoping.

O Melhor do Vôlei já entrou em contato com a CBV em busca de saber se a entidade já tem alguma posição. Atualizaremos o caso em breve.




12
Deixe um comentário

avatar
7 Comment threads
5 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
12 Comment authors
JoatanHonestidadeCientíficaRússia NelasAlanZhuttinha Recent comment authors
  Subscribe  
o mais novo mais velho mais votado
Auto Notificar:
HonestidadeCientífica
Visitante
HonestidadeCientífica

simples redução de testosterona não muda a composição musco-esquelética, não muda o condicionamento físico, força, explosão (pq será q em semanas d liga nacional Tifany bate recordes femininos qndo no masculino era MENOS DO Q MEDIANO?????????????) não muda o salto, não fz DIMUNUIR a altura (só tem aqla altura pq é homem) …Não fz nda disso ao ponto de estar nos níveis femininos. Ainda terão q inventar uma reconstrução corporal total para dizer q está nos mesmos percentuais do feminino, não é SÓ mexer em hormonio, o corpo humano é EXTREMAMENTE COMPLEXO, é um sistema perfeitamente interligado, vai ter que… Ler mais »

Joatan
Visitante
Joatan

Ai cal essa tua boca!

Alan
Visitante
Alan

Só tô esperando os monstros de 2 metros fazendo tratamento hormonal, será engraçado.

Zhuttinha
Visitante
Zhuttinha

Tiffany Rainha…mete porrada nelas!!!

Eduardo
Visitante
Eduardo

Tifanny, exemplo de superação nas quadras!

Gfdsakj5tre
Visitante
Gfdsakj5tre

O que estava ruim irá piorar
O que estava estragado apodrecerà.

Não estranhem se colocarem gorilas e elefantes pra jogar a superliga alegando ser atletas humanos.

Afinal se a ciência declarar que um tamandua é um peixe anfíbio….Todo o GADO dirá amemmmmmm.

O mundo jaz no maligno e no maligno sepultado está….

Coisas piores veremos infelizmente.

S. N.
Visitante
S. N.

Afff… que exagero!
O profeta aqui em cima deve ser daqueles que defende o “homem no trabalho e a mulher na cozinha como dona de casa”… e que a sociedade NUNCA deve evoluir.
Cada um que aparece…

Call Me By Your Name
Visitante
Call Me By Your Name

Alino Renata esse demente que escreve escremento sobre a Tiffany acha que meu olho é pinico. Parei de ler no “O que estava r…..” ZZZZzzz zzzzzzzZZZZzzz zzzZZZZZ dormi, não sou obrigada. Essa enrustido tem inveja das trans porque elas conseguiram tudo que sempre sonharam, lutaram para isso, deram a cara a tapa. Já Alino bicha rancoroso covarde nunca teve coragem de enfrentar a sociedade retrograda, de lutar pelo seu espaço. Só resta a esse idiota, em todo post da Tiffany belissima ficar cacarejando seu recalque INVEJA, por ser um gay enrustido covarde. Tiffany é realizada e faz o que ama,… Ler mais »

Willian Lopes
Visitante
Willian Lopes

Esporte deve sempre ser de inclusão. A FIVB agiu coerente e provavelmente deve aguardar m,ais estudos para rever regras e critérios mais justos. Vamos ver a atitude da CBV agora.

Ária Starks
Visitante
Ária Starks

Tifanny 1 x 0 População ignorante e intolerante.

Jota
Visitante
Jota

Kkkkkkkkkkkkk
Já teve jogadora falando q gays vao tomar hormonio para jogar no feminino. Haja ignorância.

Rússia Nelas
Visitante
Rússia Nelas

Foi a Amarelona derrotada na Rio 2016. Coitada! ela as Amarelas serão derrotadas novamente no Mundial 2018 – um título que o Brasil não tem.Aliás Mundial é complicado e a formula não permite lances de sorte como nas Olimpíadas. Amarelona derrotada!! Essa Amarelona não vai ter sorte mais não!!!

Translate »