Search
Sunday 24 January 2021
  • :
  • :

Focado e preparado, Molico/Osasco enfrenta time japonês na estreia do Mundial‏

Foto: FIVB

Molico e o último treino no antes da estreia

O Molico/Osasco fez nesta terça-feira o treino de reconhecimento da Arena Saalsporthalle, em Zurique, na Suíça, local onde serão realizados todos os jogos do Campeonato Mundial de Clubes 2014. Campeã mundial em 2012, a equipe comandada pelo técnico Luizomar de Moura está preparada para a estreia na competição, que acontece nesta quarta-feira, às 12h30 (horário de Brasília), diante do Hisamitsu Springs, o atual campeão asiático e japonês.

“O nosso primeiro jogo é contra o Hisamitsu, que é uma equipe que conta com várias jogadoras da seleção japonesa. É uma partida sempre muito complicada e de muita paciência. Estamos muito focados para essa estreia contra o campeão asiático e nos preparamos muito bem, analisando vídeos e estudando a melhor estratégia para vencer o rival. Esse é um jogo que nossas centrais terão que ser muito bem utilizadas na nossa saída de jogo e também nos contra-ataques”, analisou Luizomar.

Esse será o primeiro Mundial da ponteira Sanja e a jogadora sérvia acredita que o time está pronto para disputar o torneio. “O Mundial de Clubes é sempre um campeonato diferente porque enfrentamos escolas de voleibol com características diversas. Trabalhamos muito nessas últimas semanas e todas estão prontas para essa estreia. No primeiro jogo enfrentaremos um time asiático, que tem um jogo muito rápido e uma defesa muito eficiente. Vamos precisar de muita paciência e concentração”, disse a jogadora.

Melhor bloqueadora em 2011 e campeã do mundo em 2012, a central Adenízia aponta o caminho para que o Molico tenha uma estreia vitoriosa no campeonato. “Precisamos ter paciência e saber que o adversário vai defender muitos dos nossos ataques. Portanto, temos que ter tranquilidade nos momentos de ataque e contra-ataque e saber usar a nossa altura e força contra um bloqueio mais baixo, mas que terá uma ótima defesa atrás. O caminho para um bom resultado é jogar com inteligência”, afirmou Adenízia.

Outra campeã em 2012 é a ponteira Gabi, que nem sempre começa as partidas entre as titulares, mas que na maioria das vezes entra no decorrer do jogo. “Eu sou uma atleta que compõe muito bem o time. Não necessariamente começo jogando, mas sei da minha importância, da minha função e do que tenho que fazer em quadra. Esse primeiro jogo é chave porque pode ser decisivo para a nossa classificação. A expectativa para esse Mundial é enorme e estamos com muita vontade de conquistar esse título”, declarou Gabi. 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x