Search
Tuesday 29 September 2020
  • :
  • :

Gabi e Carol se apresentam à seleção brasileira e esperam se firmar para a disputa do Mundial

Foto: Márcio Rodrigues/MPIX

Após uma temporada de muito suor, recompensada com o título da Superliga 13/14, Gabi e Carol continuam colhendo frutos. As duas mineirinhas, que dividem apartamento no Rio de Janeiro, foram convocadas na última sexta-feira (02/05) pelo técnico José Roberto Guimarães e se apresentaram à seleção brasileira, no centro de treinamentos, em Saquarema, nesta terça (06/05). Na bagagem, as duas jovens atletas levam sentimentos diferentes. Para Gabi, que já brilhou como titular do Brasil na última temporada, será um momento de confirmação, enquanto para Carol, chamada pela primeira vez, será hora de mostrar seu talento para brigar por uma vaga entre as preferidas do treinador.

De contrato renovado com o Unilever Vôlei, Gabi e Carol tiveram apenas uma semana de férias. Mas nada que tire o bom humor e a vontade de trabalhar das duas. Afinal, 2014 é ano de Mundial, único título que o Brasil não possui no vôlei feminino. E fazer parte de uma conquista inédita está nos planos de ambas.

“Obviamente fiquei muito feliz com a convocação. Me ligaram para falar que o Zé Roberto gostaria de contar comigo, estava me chamando. É a primeira vez que sou chamada para uma seleção brasileira e eu liguei logo para a minha mãe. Ela ficou muito feliz também. Pensei no meu trabalho, em tudo o que tenho feito e acho que essa convocação é uma prova de que estou no rumo certo. Estou chegando agora e vou dar o meu melhor em cada treino. Será um dia de cada vez, sempre pensando em melhorar e se tiver a oportunidade de me manter no grupo que disputará todas as competições da seleção esse ano será maravilhoso”, disse Carol, seguida de Gabi.

“É sempre uma felicidade muito grande voltar à seleção. Ainda mais depois de um título. Encaro como mais uma oportunidade de ouro e sei que será um ano muito difícil. Temos o Torneio de Montreux, o Grand Prix e o Mundial e vou trabalhar muito para ficar dentro da equipe que disputará essas competições. Quero dar o meu melhor e poder contribuir para que o Brasil consiga trazer esses títulos”, afirmou Gabi.

Sobre a renovação com o Unilever Vôlei, tanto Gabi quanto Carol revelaram que estão muito felizes com o projeto e que sempre priorizaram permanecer no Rio de Janeiro.

“Me adaptei muito bem ao Rio e ao Unilever. Quando a Superliga terminou, comecei a pensar na próxima temporada e a vontade sempre foi de ficar aqui. Tive uma temporada muito difícil, sofri com contusões e recebi muito apoio do grupo e da comissão técnica. Decidi ficar por tudo isso”, contou Gabi.

“Gosto muito do Unilever. Até surgiram propostas, mas eu sempre estive focada em vencer a Superliga, em terminar bem o campeonato. Só pensava em fazer o meu melhor e conquistar o título. Quando terminou, quando vencemos, demonstrei que minha vontade era de ficar. Sempre pensei aqui primeiro. O Unilever também quis e unimos o útil ao agradável. Gosto do time, do projeto, do Rio… Minha avó mora aqui. É a minha cidade do coração”, declarou Carol.

Como conquistaram o título da Superliga no último final de semana da abril, as duas jogadoras tiveram apenas nove dias de férias. Mas nada que tire a empolgação por vestir a camisa da seleção brasileira.

“Eu aproveitei para descansar um pouco. Amo viajar e fui pro Chile. Dei uma espairecida para voltar com gás total, focada no trabalho. Na verdade, não gosto muito de ficar parada. Poucos dias já me satisfazem e acho até bom, para não dar aquela moleza, aquela parada”, afirmou Carol.

Gabi tem opinião parecida com a companheira de equipe e já estava se preparando, mesmo sem ter compromissos profissionais nestes dias.

“Tentei descansar o máximo possível, mas malhei alguns dias para não perder meu condicionamento e todo o reforço que fiz ao longo da temporada com o Unilever Vôlei. Algumas meninas da seleção já estão treinando há mais tempo e eu não posso ficar muito atrás. Passei por lesões de ombro e costas recentemente e não posso me descuidar. Me alimentei bem e tive o carinho da minha mãe e meu irmão, que ficaram no Rio comigo nestes dias”, encerrou Gabi.

O primeiro compromisso da seleção feminina em 2014 será o Montreux Volley Masters, de 27 de maio a 1º de junho, na Suíça. As outras duas competições deste ano serão o Grand Prix, cuja fase final acontecerá no Japão, e o Campeonato Mundial, na Itália.

O Unilever Vôlei iniciará a temporada 2014/15 no dia 2 de junho, quando as jogadoras que não têm compromisso com a seleção brasileira se reapresentarão.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x