Search
Monday 28 September 2020
  • :
  • :

Garay: Temos uma sequência complicada pela frente, mas é fundamental começar bem

Foto: Divulgação

O Brasil dá início nesta sexta-feira à trajetória pela conquista do 10° título do Grand Prix de vôlei. Em Sassari, na Itália, a equipe defendida por Fernanda Garay estreia contra a China a partir das 12h30 (horário de Brasília) e abre a série de três partidas fora do país – ainda no fim de semana, enfrenta as anfitriãs italianas e a República Dominicana. Para a campeã olímpica, a seleção começa o torneio credenciada a obter bons resultados.

“Acredito que estamos preparadas, o período de treinos em Saquarema foi muito proveitoso. Temos uma sequência complicada pela frente, mas é fundamental começar bem. A confiança cresce com as vitórias”, destaca a ponteira. 

Depois das primeiras três apresentações na Europa, o time brasileiro recebe Coreia do Sul, Rússia e Estados Unidos, entre 8 e 10 de agosto. “Jogar no Brasil já tendo garantido bons resultados nessa série fora seria o ideal. Certamente, é a competição de nível mais alto até aqui na temporada. E tão importante quanto pensarmos no título é fazer do Grand Prix um bom teste para o Mundial (que ocorre em setembro e outubro, também na Itália)”, completa. 

Fe Garay é uma das referências da seleção treinada por José Roberto Guimarães: responsável pelo ponto que garantiu a medalha de ouro olímpica, também foi a melhor passadora dos Jogos de Londres-2012 e melhor atacante das duas últimas edições de Superliga que disputou. Aos 28 anos, viverá sua terceira experiência internacional, atuando na Rússia pelo Dínamo Krasnodar (RUS) – em 2010, passara pelo NEC, do Japão; e em 2013 pelo Fenerbahçe, da Turquia.

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x