Search
Tuesday 22 September 2020
  • :
  • :

Gaúchos e Paulistas fazem a final da terceira edição da Superliga B

Foto: Divulgação

Depois de pouco mais de dois meses e 61 jogos disputados a edição de 2014 da Superliga B masculina chega ao fim neste sábado (12/04) com uma partida que dará ao campeão uma vaga na elite do voleibol brasileiro. São José dos Campos (SP) e Voleisul/Paquetá Esportes (RS) se enfrentam, às 21h30, no ginásio do COCTA, em São José dos Campos (SP), com entrada franca e transmissão ao vivo pelo SporTV.

O São José dos Campos, time com a segunda melhor campanha na temporada regular (10 vitórias em 12 jogos), jogará em casa contra o Voleisul/Paquetá Esportes, finalista em razão da decisão do STJD, que eliminou o Sada Funec Contagem (MG) por escalar irregularmente dois atletas na terceira partida da semifinal no dia 18 de março.

No confronto direto durante a fase de classificação cada equipe venceu uma vez. O curioso é que, em ambas partidas, o time visitante levou a melhor, e pelo mesmo placar: 3 a 2. O técnico do São José dos Campos, Reinaldo Bacilieri, conta que a derrota em casa no início do campeonato foi em circunstâncias diferentes das atuais.

“Naquela partida o nosso time ainda estava em fase de ajustes. Hoje estamos mais maduros, mais entrosados. De forma geral, Jogar em casa é sempre vantajoso. Nossa torcida vem nos apoiando desde o início do campeonato. A cidade toda está ansiosa por esta partida, pelo título e pela vaga na Superliga. Já o nosso foco é entrar em quadra para vencer, queremos muito o título”, disse Reinaldo que já prevê mais um confronto difícil pela frente. Para o treinador, o São José precisa ficar de olho no jogador destaque do time adversário, o oposto André Nascimento, campeão olímpico e mundial com a seleção brasileira.

Quanto à final, Já estamos trabalhando há mais de uma semana focados no Voleisul. O André (Nascimento) é o principal atacante do time adversário, e é muito acionado. Precisamos ter uma marcação especial sobre ele. Outro aspecto que temos que ter atenção é no nosso coletivo. O Voleisul depende muito da velocidade para jogar, então nosso saque tem quem funcionar bem para dificultar o passe e atrasar as jogadas deles”, contou o técnico do clube joseense.

Pelo lado do time gaúcho, o próprio André Nascimento sabe que ele é muito observado pelos adversários, mas garante que o Voleisul também está estudando o São José, e que a expectativa para o confronto na final é bastante grande. Ele aponta o entrosamento da equipe paulista como principal arma dos donos da casa, e sabe que, na hora da decisão, a experiência conta muito.

“A semana está sendo muito importante. Treinamos focados no São José que já joga junto há bastante tempo. O nosso time foi montado este ano, então isso pode pesar um pouco. Eu, por ser mais experiente, tenho uma grande responsabilidade com o time, tenho que virar as bolas e passar tranquilidade. No jogo decisivo, quem tiver mais sangue frio, errar menos e estiver atento aos detalhes será o vencedor, independentemente de qualquer favoritismo”, contou o oposto.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x