Search
Wednesday 28 October 2020
  • :
  • :

Goncharova comanda a Rússia na vitória sobre o Brasil

Crédito: Divulgação/FIVB

Crédito: Divulgação/FIVB

 

No dia em que o bloqueio não funcionou bem, caiu a invencibilidade brasileira no Grand Prix. Pela segunda rodada do hexagonal decisivo, em Omaha, nos EUA, a Rússia venceu o Brasil por 3 sets a 0 (25-19, 28-26, 25-19) e assumiu momentaneamente a liderança da competição. O Brasil havia vencido as nove partidas da fase preliminar e também a primeira partida das finais do torneio. Nem parecia que, semana passada, na Itália, o Brasil é que havia imposto vitória em sets diretos sobre as rivais.

 

Comandada por Paulo Coco, a Seleção Brasileira entrou em quadra com Dani Lins, Monique, Gabi, Natália, Juciely, Carol e Léia – a novidade em relação ao primeiro jogo, no lugar de Sassá. A ponteira Suelle entrou em quadra nos dois primeiros sets e, na última parcial, foi escalada logo de início, em lugar de Gabi.

 

A ponteira Natália foi a maior pontuadora do Brasil, com 11 pontos, seguida da oposta Monique, com 10. As duas, no entanto, pontuaram menos do que Pasynkova (13 pontos) e, sequer, a soma da pontuação delas igualou os 24 pontos da russa Goncharova, que anotou 16 vezes de ataque e oito no bloqueio – neste fundamento, a Rússia marcou 13 pontos e o Brasil, seis, menos até, portanto, do que a oposta adversária.

 

O Brasil começou a partida permitindo que a Rússia abrisse 7 a 2 no primeiro set. Depois do primeiro tempo técnico, o confronto virou um jogo de gato e rato, em que as brasileiras suavam para superar o passe ruim, o saque ineficiente e as dificuldades no ataque para encostar, e as russas desgarravam sem muito sacrifício.

 

O segundo set foi equilibrado, embora a Rússia houvesse dominado a pontuação quase o tempo todo. Mesmo assim, o Brasil ainda teve dois set points, mas os erros no passe apareceram na hora H e definiram a parcial em favor das europeias. No set decisivo, o Brasil desperdiçou algumas oportunidades para empatar o placar, e, depois do segundo tempo técnico, viu as russas abrirem até 22 a 14, para fecharem o jogo com uma tranquilidade incomum para a tradição do confronto.

 

Na sexta-feira, o Brasil enfrenta o Japão pela terceira rodada, à 17h10. A Rússia encara os EUA às 22h10, pelo horário de Brasília.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
6 Comentários
o mais novo
mais velho mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Frederico

O resultado tá explicado pelos seguintes fatores:
– Centrais com estatura baixa. Contra equipes com jogo mais rápido e menos alcance, a Carol e Juciele tiram de letra porque elas tem deslocamento rápido de bloqueio.
– Gabi joga muito explorando bloqueio da levantadora não se dá bem com bloqueio alto.
– O Brasil é dois times completamente diferentes quando joga com passe na mão e com passe ruim. Se o passe não tiver bom, fica difícil superar bloqueio alto.

Bruno BH

O Brasil jogou muito mal, a confiança e também certa limitação no poderio de ataque voltou a ser um prejudicial. Como o objetivo no torneio é para dar rodagem à maioria e para testar algumas peças, com certeza se observa a atitude diante a adversidade. O time inteiro foi mal, mas, Natália e Gabizinha – que tem mais chances de Olimpíada não corresponderam na dificuldade, até Dani Lins errou bastante na precisão… Como o jogo é coletivo, se ninguém reage acaba contaminando o restante com insegurança. Léa foi a melhor em quadra – sobretudo na defesa. A Rússia fez uma… Ler mais »

Mario Teodoro

Eu meio que estava esperando isto apos ver
na quarta-feira a partida entre italia e russia. A russia tb
atropelou a italia, foi algo incrivel que fazia muito tempo
que nao via a russia realizar. E nas bolas decisivas nao tem
duvidas a levantadora, joga pra goncharova e ja era, ta atacando
muito a oposta russa.

Adenilson

O Brasil não jogou nada, o time inteiro esteve bem abaixo do esperado, nervoso e principalmente sem o passe na mão e falhando no ataque ficou uma pressa fácil para a Rússia que viu em Goncharova um escape para quase todas as bolas, o time da Russia entrou em quadra enquanto o Brasil não conseguia bloquear as gigantes russas. Espero que recupere e a Russia perca até domingo. Vamos Brasil…

Ralph Andrade

3×0 pra Russia dói pra caramba, mas ainda temos chances! Vai Brasil!!!

manu

goncharova brilhou so isso !

Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x