Search
Sunday 20 September 2020
  • :
  • :

GRAND PRIX 2012: Brasil é derrotado pelos Estados Unidos em São Bernardo

A seleção brasileira feminina de vôlei perdeu a invencibilidade na vigésima edição do Grand Prix. Neste DOMINGO (17.06), o Brasil foi superado pelos Estados Unidos por 3 sets a 1 (20/25, 25/18, 25/18 e 25/23), em 1h54 de jogo, no ginásio Adib Moyses Dib, em São Bernardo (SP). As brasileiras somam cinco vitórias e uma derrota na competição.

Ainda neste domingo, o Brasil embarcará para a Luhoe, na China, onde disputará a terceira semana do Grand Prix. As brasileiras formarão o grupo K, com as chinesas, as porto-riquenhas e as cubanas. Os Estados Unidos lideram a competição, com 18 pontos, seguidos pela China, com os mesmos 18, mas com um pior saldo de sets e pela Turquia, com 15. O Brasil aparece em sexto lugar, com 11.

A central Thaisa foi a maior pontuadora da partida, ao lado da ponteira americana Larson, com 20 pontos (15 de ataque e cinco de bloqueio). A ponteira Paula Pequeno também se destacou, com 12 acertos. Pelo lado dos Estados Unidos, a oposto Destinee Hooker também teve uma atuação destacada, com 19 pontos.

Para a campeã olímpica Thaisa, mesmo com a derrota, o Brasil mostrou evolução na partida de hoje.

“O nosso bloqueio e a nossa defesa foram bem, mas falhamos na parte ofensiva. Os Estados Unidos têm um grande time e não podemos cometer erros bobos contra elas. Acredito que estamos no caminho certo. As americanas têm um time forte, mas o voleibol hoje está muito nivelado”, analisou a central.

O treinador José Roberto Guimarães parabenizou os Estados Unidos e disse que a vitória das americanas foi merecida.

“O resultado foi merecido. Tirando o primeiro set, as americanas dominaram a partida. O saque viagem, da Larson e da Logan, dificultou o nosso passe. No entanto, esse jogo foi um grande aprendizado para o grupo brasileiro. Estamos ajustando o time e, no momento, os Estados Unidos estão com o time mais encorpado. Ainda cometemos muitos erros e isso precisa diminuir. Apesar disso, gostei do espírito do grupo”, disse José Roberto Guimarães, que elogiou a equipe dos Estados Unidos.

“Hoje os Estados Unidos servem de parâmetro para as outras seleções do mundo”, finalizou José Roberto Guimarães.

O JOGO

O Brasil começou a partida com duas líberos. Fabi era responsável pelo passe e Camila Brait pela defesa. O jogo começou equilibrado. A levantadora Fabíola conseguiu uma boa sequência de saques e o Brasil abriu três (11/8). O saque americano também começou a dificultar a vida das brasileiras, mas o time da casa ainda tinha um ponto de vantagem na segunda parada técnica (16/15). A ponteira Priscila Daroit entrou, mais uma vez, para sacar e deu conta do recado. Os Estados Unidos reagiram no final do set, mas as brasileiras venceram a primeira parcial por 25/20. A central Thaisa foi a maior pontuadora das brasileiras, com oito acertos.

Os Estados Unidos voltaram melhores para segundo set e abriram cinco (8/3). Quando o placar estava 10/4 para as americanas, o treinador José Roberto Guimarães inverteu o cinco e um. Entraram Mari e Fernandinha e saíram Fabíola e Sheilla. As trocas fizeram bem ao time da casa que encostou no placar (14/10). O final do set os Estados Unidos foram melhores e fecharam a parcial por 25/18.

A vitória no segundo set fez bem ao time americano. Com muito volume de jogo, os Estados Unidos abriram três (6/3). O treinador José Roberto Guimarães fez duas substituições. Entraram Fernandinha e Adenízia e saíram Fabíola e Fabiana. Mari também entrou no lugar de Sheilla. O saque e o bloqueio das brasileiras cresceram na parcial e o treinador dos Estados Unidos, Hugh McCutcheon, pediu tempo. Na segunda parada técnica, a vantagem das americanas era de cinco (16/11). Os Estados Unidos mantiveram o domínio do set e, em um contra-ataque da oposto Hooker, fecharam a parcial por 25/18.

Os Estados Unidos começaram bem o quarto set e abriram quatro (6/2). A levantadora Fernandinha conseguiu uma boa sequência de saques e o bloqueio do Brasil reapareceu no set. Desta forma, as brasileiras encostaram no marcador (12/11). Na segunda parada técnica, as americanas ainda venciam por dois (16/14). O final da parcial foi disputado ponto a ponto, mas as americanas levaram a melhor e fecharam o set por 25/23 e o jogo por 3 sets a 1.

EQUIPES

BRASIL – Fabíola, Sheilla, Paula Pequeno, Jaqueline, Fabiana e Thaisa. Líberos – Camila Brait e Fabi

Técnico – José Roberto Guimarães

Entraram: Priscila Daroit, Mari, Adenízia e Fernandinha

ESTADOS UNIDOS – Berg, Larson, Harmotto, Logan, Akinradewo e Hooker. Líbero – Davis

Técnico – Hugh McCutcheon

Entraram: Miyashiro, Haneef-Park e Thompson

 

Fonte:CBV




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x