Search
Monday 26 October 2020
  • :
  • :

GRAND PRIX 2012: Brasil vence a China e garante lugar na fase final

A seleção brasileira feminina de vôlei está classificada para a fase final do Grand Prix. Neste DOMINGO (24.06), o Brasil venceu a China por 3 sets a 0 (25/20, 25/22 e 25/19), em 1h18 de jogo, no Luohe Sports Center, em Luohe, na China. Com o resultado, as brasileiras ficaram em quinto lugar na fase de classificação e vão disputar a fase decisiva na próxima semana, em Ningbo, na China.

O Brasil entrou na partida precisando da vitória para obter um lugar na Fase Final. A vitória manteve o time verde e amarelo em quinto lugar, com 19 pontos (oito vitórias e uma derrota). Os Estados Unidos terminaram na liderança, com 27 pontos, seguidos pela China, com 23 e pela Turquia, com 21. A Tailândia aparece em quarto, com 20 e Cuba, última seleção a se classificar, em sexto, com os mesmos 19 pontos das brasileiras, mas com um menor número de vitórias – o primeiro critério de desempate.

Classificaram-se para a Fase Final as cinco equipes mais bem colocadas após o termino da terceira semana, além da anfitriã China. As seis seleções jogarão entre si e a equipe que somar o maior número de pontos será a campeã. A fase final acontecerá na cidade de Ningbo, na China, entre os dias 27 de junho e 1º de julho.

As ponteiras Fernanda Garay e Jaqueline foram as maiores pontuadoras do Brasil, com 12 pontos cada. Pelo lado da China, a atacante Ruoqui foi quem mais pontuou, com 15 acertos.

Para Fernanda Garay, que entrou no lugar da ponteira Paula Pequeno no segundo set e foi um dos destaques do jogo, a atitude do Brasil foi fundamental para o resultado.

“O nosso objetivo era a vitória e viemos para a partida com uma postura agressiva. Não queríamos deixar o time delas jogar. A China é uma equipe que tem uma variação grande de jogadas e também estava atuando com o apoio da torcida,por isso, não podíamos deixar elas gostarem do jogo”, explicou Garay, que também comemorou a boa atuação depois da contusão no braço esquerdo sofrida durante a primeira etapa do Grand Prix na Polônia.

“Estou feliz porque consegui ajudar o grupo. Estava com muita vontade de ter uma atuação boa depois da minha contusão. Ainda preciso de ritmo, mas hoje o importante era conseguir a nossa classificação”, garantiu a atacante.

Já a ponteira Jaqueline ressaltou a importância do Brasil ter um grupo homogêneo.

“Foi uma boa vitória. O time jogou bem em momentos difíceis. A Garay entrou muito bem e puxou a equipe para cima. O nosso time é marcado pelo conjunto, quando uma não está bem a outra entra e dá conta do recado”, disse Jaqueline, que ainda analisou a campanha do Brasil na competição.

“Esse jogo foi bom para a confiança da equipe. Entramos em quadra pressionadas, com a torcida contra, e conseguimos uma boa vitória. Daqui para frente só teremos adversários difíceis e tenho certeza que o nosso grupo vai crescer mais ainda”, garantiu a ponteira.

O treinador José Roberto Guimarães comentou sobre a atuação da equipe verde e amarela.

“O nosso saque fez um bom trabalho. Conseguimos estourar o passe delas. Nosso bloqueio também foi bem. Em três sets marcamos 13 pontos neste fundamento. Além disso, tocamos muito no bloqueio e na defesa. Ainda podemos melhorar nos contra-ataques, mas essa foi a melhor partida que fizemos no Grand Prix”, analisou o treinador brasileiro, que também falou sobre a pressão enfrentada pelo time brasileiro.

“Entramos na última partida decidindo a nossa permanecia no Grand Prix. Tínhamos que ganhar esse jogo, contra uma China que jogava em casa, com o ginásio lotado. Nós também precisávamos passar para a Fase Final para o time continuar jogando. Portanto essa classificação foi primordial”, afirmou José Roberto Guimarães.

O JOGO

O Brasil começou a partida com muito volume de jogo e abriu dois (8/6). O bloqueio das brasileiras era eficiente e a diferença subiu para cinco (11/6). O saque do Brasil funcionava e as chinesas cometiam muitos erros. Na segunda parada técnica, o time verde e amarelo vencia por 16/11. Com um ponto de contra-ataque da ponteira Jaqueline, o Brasil venceu o primeiro set por 25/20.

A China voltou melhor para o segundo set e abriu dois (6/4). O técnico José Roberto Guimarães trocou as ponteiras. Entrou Fernanda Garay e saiu Paula Pequeno. Com um ponto de bloqueio, as brasileiras empataram (11/11). O técnico chinês pediu tempo. O set ficou disputado ponto a ponto. Depois de um longo rally, Fernanda Garay conseguiu um ponto de contra-ataque e o Brasil abriu três (18/15). E foi com uma largada da ponteira Jaqueline que as brasileiras selaram a vitória no segundo set por 25/20.

O terceiro set começou disputado ponto a ponto. A China tinha dois pontos de vantagem no primeiro tempo técnico (8/6). O bloqueio e o volume de jogo eram os destaques do time verde e amarelo. A ponteira Fernanda Garay cresceu de produção e o jogo seguiu disputado. A central Fabiana conseguiu uma boa sequencia de saques e o Brasil abriu três (18/15). O Brasil cresceu no final do set e fechou a parcial por 25/19 e o jogo por 3 sets a 0.

EQUIPES:

BRASIL – Fabíola, Sheilla, Paula Pequeno, Jaqueline, Fabiana e Thaisa. Líberos – Fabi e Camila Brait

Entraram: Fernandinha, Mari e Fernanda Garay

Técnico – José Roberto Guimarães

CHINA – Yang, Ruoqui, Junjing, Yunli, Chunlei e Jinlin. Líbero – Xian

Entraram: Lei e Yunli

Técnico – Yu Juemin




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x