Search
Monday 28 September 2020
  • :
  • :

GRAND PRIX 2012: Estreia em dose dupla

Das 14 jogadoras que representam a seleção brasileira feminina de vôlei na primeira etapa do Grand Prix, disputada em Lodz, na Polônia, cinco farão a estreia na competição. Em momentos distintos nas carreiras, a levantadora Fernandinha, as centrais Natasha e Andressa, a ponteira Gabi e oposto Jú Nogueira vivem a expectativa de disputar um dos mais tracionais campeonatos do voleibol mundial pela primeira vez.

A primeira participação dessas atletas pode ser na próxima SEXTA-FEIRA (08.06), às 12h30 (horário de Brasília), quando o Brasil estreará na vigésima edição do torneio, contra a Itália, no Atlas Arena. O Sportv e o Esporte Interativo transmitirão ao vivo. Brasileiras e italianas formam com Sérvia e Polônia, o grupo D.

Com idades que variam dos 17 anos de Gabi, aos 32 de Fernandinha, as cinco concordam que disputar o Grand Prix é uma grande oportunidade, ainda mais em um ano olímpico. Para a mais nova do grupo, a emoção é ainda maior por se tratar da sua primeira competição na seleção adulta.

“O primeiro momento na seleção principal foi super tranquilo. O grupo me recebeu muito bem e já estou entrosada com a equipe. Está sendo uma experiência bem legal. Logo na minha estreia já tenho a oportunidade de disputar uma competição como o Grand Prix”, disse Gabi, que espera boas apresentações do Brasil nesta semana.

“Chegamos há dois dias e estamos nos adaptando ao fuso horário. Os treinos foram bons. A Itália vem forte, a Sérvia está com um bom ritmo de jogo e a Polônia vai jogar em casa”, analisou a jovem atacante.

Assim como Gabi, a oposta Jú Nogueira, de 23 anos, que na última temporada defendeu a Unilever (RJ) e acabou de se transferir para a equipe da Amil/Campinas (SP), espera aproveitar a oportunidade de disputar o Grand Prix da melhor maneira possível.

“Vai ser muito legal jogar essa competição e enfrentar algumas das melhores seleções do mundo. Quero ganhar cada vez mais bagagem internacional. As jogadoras mais experientes são divertidas e me deixam à vontade. Com isso, consigo me soltar bastante”, garantiu a atacante, que ano passado participou da conquista da Copa Pan-Americana com a seleção adulta.

Já a central Andressa, de 22 anos, quer usar o Grand Prix como aprendizado e preparação para a realização de um dos seus sonhos.

“Estou muito feliz de fazer parte deste grupo. Ano passado tive a oportunidade de disputar a Copa Yeltsin com a seleção de novas e foi muito legal. A convivência com jogadoras que são campeãs olímpicas traz um grande aprendizado. Jogar uma competição importante como o Grand Prix é um passo importante para um dos meus sonhos, que é participar dos Jogos Olímpicos”, afirmou Andressa.

As mais experientes no grupo de novatas no Grand Prix, a central Natasha, de 26 anos, e a levantadora Fernandinha, acreditam que o momento é de usufruir a chance concedida pela comissão técnica brasileira.

“A equipe toda me recebeu muito bem. Espero ajudar com a minha experiência e energia da melhor maneira possível. Sei que estou correndo contra o tempo, mas se aceitei esse desafio de jogar pela seleção é porque acredito que posso conquistar o meu espaço”, finalizou Fernandinha.

José Roberto Guimarães convoca mais quatro atletas para seleção de novas

O técnico José Roberto Guimarães, bicampeão olímpico, convocou a levantadora Ana Tiemi, do Vôlei Futuro (SP), a ponteira Ellen Braga, do Rio do Sul (SC), a central Letícia Hage, do Mackenzie/Cia do Terno (SP), e a líbero Suelen, do Pinheiros (SP), para a seleção de novas. A apresentação das atletas será na SEGUNDA-FEIRA (18.06), em Saquarema (RJ).

As atletas foram convocadas para o período de 18 de junho a 30 de julho que englobará duas competições, a Copa Pan-Americana e a Copa Yeltsin.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x