Search
Wednesday 28 October 2020
  • :
  • :

Guiggi admite cansaço: “me sentia como um zumbi”

Crédito: Divulgação/CEV

Crédito: Divulgação/CEV

 

Se a Seleção Italiana feminina de Vôlei não saiu de Ancara com a classificação para o Rio-2016, ao menos, ainda pode acalentar o sonho olímpico. O terceiro lugar obtido no Pré-olímpico Europeu levou a Azzurra ao classificatório mundial que vai ser disputado no Japão, entre maio e junho. Longe de estar frustrada por não ter conquistado a vaga direta, a meio de rede Martina Guiggi admitiu que o torneio foi desgastante demais para a seleção.

 

“Foi muito duro até o último ponto, especialmente depois de jogar três tie breaks em cinco dias”, explicou a central. “Toda a equipa está muito cansada, mas muito feliz. Nos dois últimos sets, eu me sentia como um zumbi, mas eu tinha um trabalho para terminar”, disse a jogadora.

 

A Itália estreou na terça-feira, dia 5, perdendo para a Rússia por 3 a 1. Nos dois dias seguintes, venceu um tie break contra a Bélgica e outro contra a Polônia. Sem folga, enfrentou a Holanda nas semifinais, na sexta, e perdeu em sets diretos. No sábado, a epopeia chegou ao fim, com cinco partidas e 22 sets disputados, três vitórias na conta, um terceiro lugar para as estatísticas e o passaporte carimbado para o Japão, que deve servir de escala para o Rio.

 

“Quando você disputa jogos neste nível, visando aos Jogos Olímpicos, sabe que vai ser difícil. Pouco antes de um grande jogo como este, você pensa em todo o trabalho que fez com a equipe no verão, que os Jogos Olímpicos são uma experiência única na vida e que você precisa fazer todo o possível para estar lá”, concluiu.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x