Search
Saturday 19 September 2020
  • :
  • :

Haia recebe Grand Slam que marca retorno de Larissa e premiação recorde

Foto: Divulgação

Não faltam elementos para apontar o Grand Slam de Haia, na Holanda, como um evento especial. A competição, que começa nesta terça-feira (15.07) e vai até domingo (20.07), marca o retorno às areias da heptacampeã do Circuito Mundial Larissa França, em nova parceria com a atual campeã Talita. Além disso, o torneio terá uma premiação recorde e, pela primeira vez, será disputado em mais de uma cidade do mesmo país.

Serão nove duplas representando o país nos dois naipes. Além de Talita e Larissa, classificadas direto à fase de grupos por wild card (convite), também estão garantidos na etapa principal os times de Ágatha/Bárbara Seixas, Juliana/Maria Elisa e Maria Clara/Carol. Fernanda Berti e Taiana partem do qualifying, que começa nesta terça-feira.

No masculino, Ricardo e Álvaro Filho começam no qualifying, também nesta terça, enquanto Alison/Bruno Schmidt, Pedro Solberg/Emanuel e Evandro/Vitor Felipe já estão na fase principal e só entram em quadra no dia seguinte. Será a primeira etapa com mais de oito representantes do Brasil.

Feliz com a possibilidade de começar uma nova história no esporte após vários títulos e recordes junto de Juliana, Larissa espera que a estreia da parceria com Talita traga bons resultados para o vôlei brasileiro.

“Estou muito feliz de poder voltar a competir. Foi tudo bem pensado, bem medido e a sensação nos treinos tem sido ótima. Adoro o esporte, a adrenalina de competir e trabalhar por objetivos. Sei que vou começar do zero, terei que batalhar muito para reconquistar meu espaço e será difícil, mas tenho o apoio das pessoas e vontade de viver tudo isso novamente”, disse a cearense, que completou.

“Treinei muito forte nos últimos três meses e agora é a fase final da preparação. Ainda não estou 100% fisicamente, acredito que em torno de 80%, mas isso vai aumentando com o tempo, pegando ritmo de jogo e evoluindo o entrosamento com a Talita gradativamente. E poder retornar numa competição tradicional, que traz boas lembranças, é ainda melhor”, declarou Larissa, que venceu Haia em 2009 e 2011, jogando com Juliana.

O Grand Slam de Haia também terá um recorde no vôlei de praia. A premiação total para os participantes de 1 milhão de dólares nos dois naipes será a maior da história em um evento do Circuito Mundial. O mesmo valor também será oferecido no Grand Slam de Long Beach, nos Estados Unidos, que acontece na sequência, de 22 a 27.07.

Além disso, pela primeira vez um Grand Slam será disputado em mais de uma cidade no mesmo país. Haia sediará toda fase eliminatória e parte da fase de grupos, enquanto as cidades de Amsterdam e Apeldoorn também receberão partidas da primeira fase.

O Brasil segue na liderança da temporada do Circuito Mundial na competição feminina: Juliana e Maria Elisa somam 3.680 pontos, enquanto as chinesas Fan Wang e Yuan Yue estão em segundo, com 3.500 pontos. No masculino, Alison e Bruno Schmidt estão na terceira colocação, com 2.890 pontos, enquanto os norte-americanos Philip Dalhausser e Sean Rosenthal lideram com 3.200 pontos.


Elogios a Talita

Além da felicidade por retornar ao esporte onde já cravou seu nome na história, Larissa também fez diversos elogios à nova parceira Talita. Elas se enfrentaram em muitos momentos em torneios nacionais e internacionais, e poder contar com a bloqueadora ao seu lado é motivo de comemoração para a cearense.

“Eu já conhecia a Talita como jogadora por jogar contra frequentemente, em tantos torneios. Sabia da qualidade técnica dela, já achava a melhor jogadora do país. Treinando junto vi que é uma pessoa maravilhosa: calma, tranquila, mas muito focada. O que mais me chamou a atenção foi a maneira como ela demonstra saber o que quer, o sonho de disputar uma Olimpíada no Brasil e conquistar títulos”, destacou.

Haia é o sexto Grand Slam da temporada 2014 do Circuito Mundial, que também teve a disputa de quatro Opens (Praga contou apenas com o torneio feminino) até agora. Além de um prêmio de mais de R$ 127 mil, a dupla campeã na Holanda soma 800 pontos na briga pelo troféu geral, contra 500 pontos por um título de etapa do Open.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x