Search
Friday 4 December 2020
  • :
  • :

Imbatível, Molico Osasco é campeão da Copa Brasil

Foto: Alexandre Arruda/CBV

Temos um grande favorito para a conquista da Superliga 2013/2014. É o Molico Osasco. Invicto na Liga, o time base da seleção brasileira mostrou sua força mais uma vez, e com uma reação incrível no terceiro set, conquistou a Copa Brasil 2014 ao derrotar o Sesi-SP por 3 a 1, parciais de 21-19, 21-16 e 22-24 e 21-17.

Sentindo o bom saque de Fabíola, o Sesi saiu perdendo por 3 a 0, mas por pouco tempo, já que logo a partida empatou e virou para 5-4.

Após a tensão inicial, o jogo se manteve equilibrado entre o primeiro e o segundo tempo. Ataques e bloqueios eficientes marcaram o momento que finalizou com o placar de 14-12 para Osasco.

A partir daí, o Molico começou a mandar no set. A equipe de Luizomar voltou a acertar mais que o Sesi e abriu uma vantagem de quatro pontos. Com a inversão, um ponto de Neneca e um ace de Suelle reduziram a diferença para dois pontos (18-16). Nem a pausa solicitada segurou a reação. Com dois erros, o Sesi igualou o placar.

Na reta final, acabou falando a força das centrais. Fabiana com um bloqueio deu esperanças ao Sesi, mas Adenízia em um ataque e Thaísa com um bloqueio decidiram para Osasco, que fechou por 21-19.

O segundo set começou com o Sesi ligeiramente melhor. Catarina começou a ficar no bloqueio e isso fez o Sesi abrir vantagem no placar. Mas, como temos acompanhado em todos os jogos do torneio, a inversão do placar constante fez Osasco ficar a frente no tempo técnico e logo em seguida, abrir uma vantagem de três (9-6).

E foi nesse momento que o Molico Osasco se impôs de vez no jogo. Complicando o passe rival, a equipe abriu mais e fez 16-9. Catarina, que antes ficava no bloqueio, agora passou a parar com tocos o ataque do Sesi.

Com dois ataques errados de Caterina, o Sesi esboçou uma reação. Tirou quatro dos sete pontos e Luizomar pediu tempo.  A pausa deu resultado e com Adenízia o time de Osasco fechou por 21-16.

Precisando desesperadamente da vitória, o Sesi começou com tudo o terceiro set e fez 5 a 0. Em um momento incomum do time Osasquense, nada funcionava. O Sesi aumentou a vantagem para 9-2. 

Depois de melhorar um pouco seu passe, o Molico encostou no placar. Gabi entrou e o placar que apontava a diferença de sete caiu para dois (11-9). Colados no placar, a partida começou a ficar tensa.

A cada jogada ficava a expectativa: será que é agora que o Osasco empata? Será que o Sesi vai conseguir manter a frente? No 18º ponto veio a resposta com o empate do Molico Osasco.

Os pontos finais da parcial foram emocionantes. O Sesi-SP passou a ter o set point. Foram quatro chances salvas pelo Molico até Adenízia errar o ataque e dar a vitória ao Sesi  por 24 a 22.

No quarto set, o Sesi-SP começou melhor, abriu uma vantagem, por pouco tempo. Logo, o Molico Osasco passou a liderar o placar e foi se mantendo ao longo da parcial. Precisando reagir para seguir com chances, o Sesi chegava sempre perto, mas não conseguia ficar a menos de dois pontos. E ainda teve o pior: perto do final, a vantagem subiu para quatro (18-14).

Tranquilo com a vantagem, o Molico Osasco partiu para os pontos finais e finalizou a Copa Brasil com Gabi explorando o bloqueio e fazendo 21-17. Molico Osasco, campeão da Copa Brasil 2014.

 




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x