Search
Wednesday 3 June 2020
  • :
  • :

Invicto! Brasil conquista o título do Sul-Americano Sub-22

Foto: Alexandre Arruda/CBV

A categoria é recém-criada, mas o troféu terminou nas mãos de quem já tem o topo do pódio como habitat natural: a seleção brasileira. Neste domingo (12.10), o primeiro campeonato Sul-Americano Sub-22 chegou ao fim com a vitória do Brasil sobre a Argentina por 3 sets a 0, parciais de 25-16, 25-18 e 25-13, em 1h03 de partida realizada no Centro de Desenvolvimento do Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ).

Com uma campanha irreparável, vencendo todos os cinco jogos disputados e perdendo apenas um set, a equipe verde e amarela conquistou, além do título inédito, uma vaga no mundial da categoria, a ser realizado em 2015 em local ainda não definido. Os argentinos, que até então não haviam perdido, ficaram com a prata, e também garantiram este direito.

No confronto decisivo, a seleção brasileira manteve o padrão de jogo apresentado em todo o campeonato, com saque forçado e bloqueio eficiente. Do outro lado, os adversários tiveram dificuldade no passe e cometeram muitos erros no ataque. O ponteiro Douglas Souza, maior pontuador do jogo com 18 acertos, recebeu o prêmio de jogador mais valioso da competição

“Eu fiz somente a minha parte, o que me foi pedido. Era para soltar a mão no saque? Eu soltei a mão. Bloqueei, estudamos tudo direitinho. Soltei a mão no ataque também e o resto foi consequência. Estou muito feliz com toda a nossa temporada e acredito que estamos prontos para o mundial do ano que vem”, disse o jogador.

O central Flávio, o levantador Thiaguinho e o líbero Rogerinho também representaram o Brasil na seleção do campeonato. Após o jogo, enquanto jogadores comemoravam a conquista,o treinador da equipe brasileira, Rubinho, fez uma análise da atuação do time ao longo da competição.

“Este é o primeiro campeonato desta categoria, e, eu mesmo, estava há um bom tempo sem disputar um Sul-Americano sem ser com a equipe adulta. Tivemos, além de Brasil e Argentina, o Chile, que é uma força emergente no continente. Nós nos portamos bem, cumprimos aquilo que treinamos e que estava planejado. Para a próxima temporada será bem mais difícil.”

Antes da partida que definiu o campeão do torneio, dois outros jogos movimentaram a última rodada. Abrindo o dia de competição, o Chile confirmou o bronze ao vencer o Uruguai por 3 sets a 0 (25/14, 25/23 e 25/11). Em seguida a Colômbia derrotou o Paraguai também em três sets seguidos (25/16, 25/16 e 25/17).

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL

1º BRASIL

2º ARGENTINA

3º CHILE

4º COLÔMBIA

5º URUGUAY

6º PARAGUAY

 

SELEÇÃO DO CAMPEONATO

Melhor oposto – Pablo Koukartsev (ARG)

Melhor levantador – Thiaguinho (BRA)

Melhores centrais – Flávio (BRA) e Renzo Mendoza (COL)

Melhores ponteiros – Gonzalo Quiroga (ARG) e Dusan Bonacic (CHI)

Melhor Líbero – Rogerinho (BRA)

MVP – Douglas Souza (BRA)




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »