Search
Monday 21 September 2020
  • :
  • :

Invicto, Rexona-Ades recebe o Brasília Vôlei

Alexandre Arruda/CBV

Gabi é, até o momento, a atacante mais eficiente da competição

Atual campeão, o Rexona-Ades terá um bom desafio se quiser manter a invencibilidade na edição 2014/2015 Superliga feminina de vôlei. Nesta sexta-feira (5), a equipe carioca receberá o Brasília Vôlei, às 21h30 (horário de Brasília), no ginásio do Tijuca T.C., no Rio de Janeiro, em partida válida pela oitava rodada do primeiro turno da competição. O SporTV transmitirá ao vivo.

Atualmente, o Rexona aparece em terceiro lugar na tabela de classificação, com 17 pontos (seis vitórias). Já o Brasília Vôlei está em nono, com cinco (dois resultados positivos e cinco negativos).

O jogo terá o duelo de duas ponteiras com passagens recentes pela seleção brasileira. Campeãs do Grand Prix em 2013 com a seleção brasileira, Gabi, da equipe carioca, e Michelle, do time candango, têm sido destaques das suas equipes na Superliga.

A ponteira Gabi aparece nas estatísticas como a atacante mais eficiente da Superliga, com 33% de acertos. Feliz com o bom momento do grupo carioca na competição, a jogadora nascida em Minas Gerais espera um jogo difícil contra o Brasília Vôlei, mesmo com a distância entre as equipes na tabela.

“Nosso time vem em uma crescente. São seis vitórias consecutivas, mas estamos com os pés no chão que teremos uma sequência de jogos difíceis pela frente e ainda temos muito o que melhorar. A expectativa é de uma partida difícil. Tivemos oportunidade de fazer amistosos contra elas na pré-temporada e é uma equipe com jogadoras experientes. Vamos precisar errar menos e imprimir o nosso jogo desde o início”, afirmou.

Pelo lado do Brasília Vôlei, a atacante Michelle, uma das jogadoras mais consistentes do grupo candango na competição, aposta na evolução da equipe no duelo contra o Rexona.

“Estamos muito confiantes para esse jogo, pois vemos a nossa evolução a cada partida. Sabemos que estamos no caminho certo e que podemos fazer um grande jogo contra o Rexona, a equipe favorita ao título da competição. O time carioca erra muito pouco e precisamos jogar a responsabilidade para o lado delas para sair de quadra com o resultado positivo”, analisou Michelle, que tem como companheiras de posição na equipe candango duas medalhistas olímpicas, as experientes Érika e Paula Pequeno.

Outros jogos

A oitava rodada do turno da Superliga feminina de vôlei tem outros três jogos nesta sexta-feira (5). Líder, o Molico Osasco jogará com o Pinheiros, às 19h30, no José Liberatti, em Osasco. Já o Sesi terá pela frente o São Cristóvão Saúde/São Caetano, às 19h30, na Vila Leopoldina, em São Paulo.

O Rio do Sul/Equibrasil, por sua vez, buscará a terceira vitória contra a Camponesa/Minas, às 20h15, no Artenir Werner, em Rio do Sul.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x