Search
Wednesday 23 September 2020
  • :
  • :

Itália passa sufuco, mas está em Londres 2012. Argentina volta às Olimpíadas

14/05/2012 – A seleção masculina italiana garantiu neste domingo (13/05) participação nas Olimpíadas de Londres 2012. A tradicional formação europeia, finalista em Atenas 2004, teve que apresentar toda sua versatilidade e um grande poder de reação para superar a Alemanha na final do Pré-Olímpico Europeu. Depois de sair vencendo por 2 sets a 0, o time do técnico Mauro Berrutto viu os alemães empatarem o jogo e ameaçarem a vaga italiana. No entanto, comandados por Michael Lasko e Ivan Zaytsev, os italianos conseguiram a vitória no tie break, 3 sets a 2, parciais de 25-22, 26-24, 19-25, 22-25 e 15-12.

A Itália junta-se a Estados Unidos, Tunísia, Brasil, Rússia, Polônia, Argentina e Grã-Bretanha, países que já tem participação garantida nas Olimpíadas.

No jogo que carimbou o passaporta da azurra, Zaytsev foi o maio pontuador italiano na partida com 19 acertos, sendo 17 em ataques (e 45% de eficiência), um de bloqueio e um de saque. Lasko veio na sequência com 17: 12 em ataques (38%), três em bloqueios e dois em saques. Pela Alemanha, o destaque foi o oposto Gyorgy Grozer, com 28 acertos: 24 em ataques (50%), dois em bloqueios e dois em saques. Denis Kaliberda veio na sequência com 15: 12 em ataques (44%), dois em bloqueios e um ace.

Argentinos celebram vaga com peixinho a la Brasil

Hermanos voltam aos Jogos

A Argentina fez valer seu favoritismo no Torneio Pré-Olímpico Sul-Americano e reconquistou o direito em jogar as Olimpíadas. Em Almirante Brown (Argentina), com o apoio de 3.500 torcedores, o time de Javier Weber superou a Venezuela por 3 sets a 0, parciais de 25-19, 25-19 e 27-25 e garantiu sua presença nas Olimpíadas de Londres 2012, após ausência em Pequim 2008 quando a Venezuela garantiu a vaga no Pré-Olímpico. Esta será a sexta participação argentina nos Jogos Olimpícos. Facundo Conte, ponteiro argentino, foi o maior pontuador do jogo com 14 pontos.

"Era um sonho e um desafio importantíssimo", afirmou o técnico argentino Javier Weber. "Soubemos controlar os momentos que estaríamos nervosos. Soubemos controlar os limites que tínhamos. Essa situação define quatro anos em três dias".

O capitão Rodrigo Quiroga, que jogará no Minas na próxima temporada, admitiu muito nervosismo no jogo decisivo. "Londres é o sonho de todo atleta, e eu particularmente tinha uma espinha encravada desde 2008. Hoje tivemos uma partida de muita tensão, muito igual, mas conseguimos
decidir da melhor maneira".

Fotos: Divulgação




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x