Search
Friday 27 March 2020
  • :
  • :

Itambé/Minas celebra hegemonia continental

Fotos: Raphael Oliveira/FMV

A seleção do campeonato foi dominada pelas atletas do Itambé/Minas. A búlgara Dobriana Rabadzhieva foi a melhor ponteira. Carol Gattaz foi a melhor central Léia levou o prêmio de melhor líbero e Macrís foi a melhor levantadora. A central Thaisa foi eleita a melhor jogadora do campeonato (MVP). A seleção foi completada pela ponteira Bulaich, do San Lorenzo, pela central Carol e pela oposta Martinez, ambas do Praia Clube.

Para o técnico Nicola Negro, o título representa o resultado de um trabalho desenvolvido em equipe. “Esse título representa a continuidade de um trabalho iniciado lá atrás, pelo Minas. Esse ano, tivemos algumas mudanças importantes, com a troca do comando técnico e algumas jogadoras. Algumas pessoas, no início, não compreenderam isso, mas o resultado de hoje, mostra que estamos no caminho certo e este é o resultado importante de um trabalho que o time fez. Eu dedico esse título à toda a nossa comissão técnica e às jogadoras. É o resultado do trabalho feito em equipe”, destacou o treinador minastenista.

A oposta Sheilla comemorou o seu primeiro título após o seu retorno às quadras e ao Minas. “Desde que voltei a jogar, sabia que os grandes objetivos era a Superliga e o Sul-americano. Eu sabia que não estaria 100%, mas coloquei como objetivo pessoal chegar neste campeonato da melhor forma possível. Depois de três anos parada, eu sabia que precisaria de um tempo para chegar à melhor forma e, ainda, não chegou. Estou a 70 ou 80% do ideal. Estou muito feliz com o resultado e o nosso time está de parabéns. Ainda está longo do que a gente quer, mas, nas horas decisivas, jogamos muito bem”, comemorou Sheilla.

A campanha
O Itambé/Minas conquistou o Campeonato Sul-americano de Clubes 2020 de maneira incrível. A equipe mineira não perdeu nenhum set e venceu todos os seus adversários por 3 a 0. Na estreia, a vitória foi diante da Universidad Católica Boliviana. Depois, as minastenistas venceram o Boca Juniors, da Argentina. O terceiro duelo foi diante da outra equipe argentina, o San Lorenzo. E, por fim, a equipe superou o Dentil/Praia Clube, na noite dessa sexta-feira.

Classificação final
Campeão – Itambé/Minas
Vice-campeão – Dentil/Praia Clube
3º lugar – San Lorenzo (Arg)
4º lugar – Boca Juniors (Arg)
5º lugar – Universidad Católia Boliviana (Bol)

Ficha técnica
Itambé/Minas:
 Macrís, Sheilla, Carol Gattaz, Thaisa, Acosta, Rabadzhieva e Léia. (líbero). Entraram:  Kasiely, Técnico: Nicola Negro.
Dentil/Praia Clube:
 Claudinha, Walewska Martinez, Michelle, Carol, Fernanda Garay e Laís (líbero). Entraram: Fawcett, Ananda, Francynne, Suellen, Pri Daroit. Técnico: Paulo Coco.
Árbitros: 
Ivan Couto, do Brasil, e Pedro Fabian, da Argentina.

Tabela de jogos – Arena Sabiazinho (Uberlândia)
17/2 (segunda-feira)
Dentil/Praia Clube (3 x 0) Universidad Católica (BOL)
Boca Juniores (ARG) (0 x 3) San Lorenzo (ARG)

18/2 (terça-feira)
Dentil/Praia Clube (3 x 0) San Lorenzo (ARG)
Universidad Católica (BOL) (0 x 3) Itambé/Minas

19/2 (quarta-feira)
San Lorenzo (3 x 0) Univerdidad Católica (BOL)
Itambé/Minas (3 x 0) Boca Juniors (ARG)

20/2 (quinta-feira) – Transmissão Sportv
Dentil/Praia Clube (3 x 2) Boca Juniors (ARG)
Itambé/Minas (3 x 0) San Lorenzo (ARG)

21/2 (sexta-feira) – Transmissão Sportv
Boca Juniors (ARG) (3 x 0) Universidad Católica (BOL)
Dentil/Praia Clube (3 x 0) Itambé/Minas




Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Auto Notificar:
Translate »