Search
Thursday 2 July 2020
  • :
  • :

Itambé/Minas lamenta erros diante do Sesc RJ

Foto: Gisa Alves

A equipe Itambé/Minas não conseguiu fazer um bom jogo e acabou superada pelo Sesc-RJ, na noite dessa sexta-feira, no Rio de Janeiro (RJ), pela oitava rodada do returno da Superliga Banco do Brasil 2019/20. Com um jogo bem abaixo do planejado, o time do técnico Nicola Negro saiu de quadra com a amarga derrota de 3 sets a 1, com parciais de 25/15, 22/25, 25/19 e 25/22.

Com o revés, o primeiro nos últimos dez jogos, as minastenistas perderam a vice-liderança para prório Sesc-RJ. Ambos estão com 54 pontos, mas as cariocas levam vantagem. O Dentil/Praia Clube lidera, com 58. A oposta Tandara, do Sesc-RJ, foi eleita a melhor jogadora em quadra e levou o Troféu Viva Vôlei. Do lado mineiro, a oposta Sheilla foi o destaque, com 15 pontos.

Agora, é em casa. O Itambé/Minas volta a jogar em Belo Horizonte após duas rodadas seguidas fora de seus domínios. Nesta terça-feira (10/3), as minastenistas recebem o Dentil/Praia Clube, na Arena Minas Tênis Clube, às 21h30. O clássico mineiro encerra a fase de classificação da Superliga. Os ingressos para o jogo já estão à venda pela internet. Clique AQUI para comprar.

Após a partida, a capitã Carol Gattaz lamentou os erros cometidos pela equipe, mas destacou que o time fará as correções necessárias para o próximo duelo e para as quartas de final. “Erramos demais. O erros foram excessivos e absurdos. Não podemos errar dessa maneira, principalmente, contra o Rio de Janeiro. O nosso time, hoje, estava sem passe e a gente não conseguiu fazer o nosso melhor. A gente sabe que não é assim. Agora, é ajustar esses detalhes para os próximos desafios”, destacou a central do Itambé/Minas.

O jogo
O time minastenista começou o jogo nervoso e cometeu muitos erros na recepção. O Sesc-RJ abriu 5 a 0. As minastenistas melhoraram um pouco e diminuíram a diferença (8/6). Porém, as falhas continuaram prejudicando o time, que não conseguiu se encontrar no set e perdeu por 25/15.

No segundo set, o jogo mudou. O time minastenista esteve melhor, mas ainda cometeu erros na recepção e no saque. A parcial foi um pouco mais equilibrada. Mais consistente, o time da casa, apoiado pelo torcedor, abriu vantagem (11/9), mas as minastenistas foram ao ataque, viraram o placar e conseguiram abrir vantagem (15/12). O duelo seguiu muito disputado e o time minastenista conseguiu, enfim, encontrar o seu jogo. Muito forte no bloqueio, a equipe mineira não deixou o Sesc-RJ reverter o placar e, desta forma, empatou a partida, ao fazer 25/22.

O terceiro set começou bem equilibrado. O Itambé/Minas conseguiu abrir pequena vantagem (6/4), mas as donas da casa se acertaram e viraram o marcador (12/10). A equipe do Rio de Janeiro conseguiu marcar o ataque minastenista e, aos poucos, ampliou a vantagem (21/14). O Itambé/Minas tentou reverter a situação, mas, novamente, os erros de recepção foram cruciais e, sem se acertar, o time acabou derrotado: 25/19 (2 sets a 1 para o Sesc).

O Itambé/Minas voltou para o quarto set para o tudo ou nada. A equipe mineira conseguiu equilibrar muito bem o início da parcial e, na metade do set, abriu vantagem (16/13). O Sesc-RJ não se entregou e chegou ao empate logo em seguida (17/17). Na reta final, porém, o time carioca teve mais tranquilidade nos momentos decisivos e fechou o jogo em 3 sets a 1 (25/22).

Ficha Técnica
Sesc-RJ:
 Fabiola, Milka, Amanda, Drussyla, Juciely, Tandara e Natinha (líbero). Entraram: Carol Leite, Gabriela Souza. Técnico:  Bernardo Resende.
Itambé/Minas: Macrís, Sheilla, Rabadzhieva, Acosta, Carol Gattaz, Thaisa e Léia (líbero). Entraram: Bruninha, Bruna Honório e Kasiely. Técnico: Nicola Negro.
Árbitros: Marcelo Ribeiro e Anesio Leão, ambos do Rio de Janeiro.

Superliga – Segundo turno
17/1 – Itambé/Minas (3 x 1) Flamengo – Arena MTC (22/25, 25/17, 27/25, 25/17)
24/1 – Itambé/Minas (3 x 0) Valinhos – Arena MTC – (25/20, 25/23 e 25/18)
28/1 – Itambé/Minas (3 x 0) São Cristóvão Saúde/ São Caetano – Arena MTC  (25/21, 25/22 e 25/16)
4/2 – Pinheiros (0 x 3) Itambé/Minas – São Paulo (SP) – (13/25, 22/25 e 17/25)
7/2 – Curitiba Vôlei (1 x 3) Itambé/Minas – Curitiba (PR) – (20/25, 25/22, 17/25 e 20/25)
11/2 – Fluminense (0 x 3) Itambé/Minas – Rio de Janeiro (RJ) – (20/25, 16/25 e 19/25)
14/2 – Itambé/Minas (3 x 0) São Paulo FC/Barueri – Arena MTC – (25/21, 25/19 e 25/17)
28/2 – Itambé/Minas (3 x 1) Sesi Vôlei Bauru – Arena MTC (17/25, 25/19, 25/14 e 25/21)
3/3 – Osasco/Audax (1 x 3) Itambé/Minas – Osasco (SP) (20/25, 25/14, 14/25 e 23/25)
6/3 – Sesc-RJ (3x 1) Itambé/Minas – Rio de Janeiro (RJ) (25/15, 22/25, 25/19 e 25/22)
10/3 – 21h30 – Itambé/Minas x Dentil/Praia Clube – Arena MTC – Sportv




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x