Search
Wednesday 2 December 2020
  • :
  • :

Itambé/Minas mantém invencibilidade na Superliga

Pri Daroit passa pelo bloqueio tricolor. (Foto: Orlando Bento/MTC)

A equipe Itambé/Minas foi melhor do que o Fluminense e conquistou a quarta vitória seguida na Superliga Feminina Banco do Brasil 2020/21. Na noite dessa sexta-feira, na Arena Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte, as comandadas do técnico Nicola Negro se mostraram muito superiores às adversárias e venceram o duelo em sets diretos, com parciais de 25/14, 25/14 e 25/23.

A levantadora Macrís foi eleita, em votação popular no site do Sportv, a melhor jogadora em quadra e levou o Troféu VivaVôlei. Já a ponteira Pri Daroit foi outro destaque minastenista no jogo e somou 15 acertos, sendo a maior pontuadora da partida. O triunfo levou a equipe mineira aos 12 pontos na tabela de classificação e o time segue com 100% de aproveitamento.

O Itambé/Minas não terá tempo para descanso. Neste domingo (22/11), a equipe já viaja para o interior de São Paulo, onde encara, na segunda-feira (23/11), às 21h30, o São Paulo FC/Barueri, pela quinta rodada da fase de classificação da Superliga. A partida será transmitida, ao vivo, pelo Sportv2.

A levantadora Macrís avaliou a atuação da equipe e disse que o time precisa manter a concentração o tempo todo. “Achei positiva a consistência da nossa equipe, principalmente, nos dois primeiros sets, quando estivemos bem focadas e fazendo aquilo que a gente tinha estudado. No terceiro set, claro que se a gente não toma os cuidados necessários, a gente acaba se desconcentrando um pouco e acredito que foi o que aconteceu. Então, é saber que cada set é importante e tem que lutar ponto a ponto. Agora, é esperar um duelo duro. Sabemos a qualidade da equipe do Barueri e vamos treinar e ir bem focadas para o jogo”, ressaltou a levantadora minastenista.

O jogo
A equipe Itambé/Minas dominou o Fluminense desde o início da partida, abrindo vantagem logo de cara (7/3), o que fez o técnico do Fluminense parar a partida. A ação surtiu pouco efeito, e o ataque minastenista, muito consistente, se manteve à frente. Do outro lado, com muitos erros na recepção, o Fluminense só assistiu às minastenistas, que abriram 1 a 0 no jogo, com tranquilidade: 25/14.

No segundo set, o Fluminense tentou buscar uma reação e equilibrou as ações no princípio. No entanto, o paredão minastenista entrou em ação, com Thaisa, Gattaz e Macrís. No fundo de quadra, quando a bola passou pelo bloqueio, Léia garantiu a defesa. Com muita qualidade e eficiência no ataque, o Itambé/Minas sobrou em quadra novamente e repetiu o placar da primeira parcial para fazer 2 sets a 0.

O último set foi mais equilibrado. A equipe minastenista se desconcentrou e acabou deixando o Fluminense equilibrar a parcial. No entanto, com Macrís ditando o ritmo do ataque, o Itambé/Minas teve mais tranquilidade nos momentos decisivos e fechou o jogo em 3 sets a 0, ao fazer 25/23.

Itambé/Minas: Macrís, Danielle Cuttino, Pri Daroit, Kasiely, Carol Gattaz, Thaisa e Léia (líbero). Entraram: Camila Mesquita e Pri Heldes. Técnico: Nicola Negro.

Fluminense: Rose, Bruna, Júlia, Dayse, Lazcano, Fran e Andressa (líbero). Entraram: Natasha e Fernanda Tomé. Técnico: Hylmer Dias.




Subscribe
Auto Notificar:
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Translate »
213
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x